domingo, 4 de abril de 2010

CHICO XAVIER: O HOMEM, O MITO, A FRAUDE.

O mais famoso médium brasileiro estaria esta semana completando 100 anos de vida e por conta da data teremos o lançamento de livros, documentários, programas especiais na TV e de pelo menos um longa metragem sobre sua vida.
Não quero me estender demais sobre o tema mas para Chico Xavier só há duas explicações possíveis: esquizofrenia profunda (ou algum outro tipo semelhante de distúrbio) ou fraude.
Há os que defendam a 1ª hipótese - procurando com isso salvar sua reputação – com evidências de que sofreria de epilepsia e que esta lhe causaria múltiplas personalidades, o que hoje talvez fosse classificado como bipolaridade. Chico mesmo escreveria seus textos mas sem ter consciência disso.
Há, entretanto, uma enxurrada de provas e evidências mostrando que, na verdade, tudo nunca passou de uma fraude bem construída e defendida a unhas e dentes por toda a vida do caridoso espírita.
Mensagens psicografadas de pessoas vivas, mensagens enviadas por pessoas que nunca existiram e foram inventadas por jornalistas, fotografias de fantasmas (sim, com lençol branco na cabeça e tudo), textos plagiados, livros repletos de tolices (como o que descreve a vida em Marte) e inúmeras informações falsas sobre sua biografia (a mais evidente é a que dizia ser Chico uma pessoa iletrada, procurando com isso justificar que os textos só poderiam ser escritos por espíritos). Sem falar no sobrinho que pouco antes de morrer em um acidente de carro deu entrevistas às revistas Manchete e Realidade contando que na verdade os textos eram escritos pelo próprio Chico e muitas vezes por ele mesmo, o sobrinho!
Não veja o filme, não leia os livros, não perca seu tempo: Chico Xavier é uma fraude do tamanho do espiritismo, nada além disso.

113 comentários:

  1. Caro Lineu, um amigo comum me contou de vc. Estou me divertindo c/ a sua postura. Já q é assim, cheque Sergio Roberto Ceccato Filho no www.institutoquantum.com.br. Ele vive de luz (mais um)e está fascinando médicos desavisados, mas vende feng-shui, numerologia e talismã.
    Have fun!
    Cris

    ResponderExcluir
  2. Visitei o site, Cristina, mas não tem nada sobre o Sergio, só tratamentos com nomes pomposos que não dizem nada, como "pesquisa vibracional" e "homeostase quântica da essência". Sobre ele viver de luz...eu acho que ele vive mesmo é do dinheiro que tira dos trouxas.

    ResponderExcluir
  3. Olá Lineu, queria dar os parabéns pelo blog e pela coragem de expressar sua opinião dessa forma.
    Sou ateu a muitos anos mas somente a pouco tempo (pouco mais de 1 ano) tive coragem de assumir que não acredito em NADA.
    Vivo muitíssimo bem, respeito todos a minha volta (muito mais do que sou respeitado por sinal) enfim não preciso do medo e da opressão para respeitar as pessoas, leis e etc...
    Seu blog da força para gente como eu sair do armário (hehehe), assumir que mesmo não acreditando em contos de fadas (criacionismo) posso ser uma pessoa totalmente do bem e que isso não significa que sou adorador do diabo, mesmo porque também não acredito em diabo algum.
    Chega a dar nojo a maneira que já me olharam por expressar que não tenho religião, um olhar de pena como se eu fosse a pior pessoa do mundo, fiquei chateado por um bom tempo, pensei em realmente empurrar com a barriga e nem expressar mais minha opinião, mas agora vendo na internet principalmente que não estou sozinho estou tomando coragem de novo.
    O que mais chateia é respeitar e não ser respeitado.
    Desculpe pelo comentário que nada tem a ver com o post, tenho acompanhado seu blog e prometo comentar sobre os posts.
    Tenho a esperança que um dia as pessoas tenham a cabeça mais aberta para a ciência, que na verdade é o que explica tudo.
    Mais uma vez agradeço.

    Ricardo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A 2000 ANOS A CIÊNCIA NÃO SABIA QUE EXISTIA OS MICRO ORGANISMOS, Como são seres diminutos, os microorganismos só puderam ser vistos com o advento do microscópio. Muito embora o inglês Robert Hooke (1635 -1703) já houvesse observado células e estruturas reprodutivas de bolores com o auxílio de um microscópio em 1664, foi em 1674 que o holandês Antony van Leeuwenhoek (1632 - 1723) criou um aparelho composto de placas de metal e lentes onde pôde observar em gotas de água de rio pequenos objetos móveis, invisíveis a olho nu, os quais ele chamou de “animálculos”. Sua fascinação e sua curiosidade o levaram a observar com seu rudimentar microscópio esses seres encontrados em salivas, infusões de pimenta, fezes e até material removido de seus dentes.

      Porém a compreensão da natureza e importância destes minúsculos organismos progrediu lentamente, somente no século 19, com a disseminação e melhoria dos microscópios e a evolução de técnicas laboratoriais é que a microbiologia ganhou o reconhecimento e fundamentou-se como ciência, ASSIM QUANDO OS HOMENS ESTIVEREM MAIS EVOLUÍDOS, VÃO USAR 50% DO CÉREBRO PARA O BEM E O AMOR, AI SIM PODERÃO DESCOBRIR A VIDA QUE ATÉ ENTÃO NÃO SE PODE VER COM OS OLHOS DO CORPO, NEM COM ESTES MÍSEROS MICROSCÓPIOS, QUE UM DIA VOCÊ MESMO VAI RIR DELES.

      Excluir
  4. Ricardo, obrigado pelos elogios.. em geral recebo críticas e muitas pancadas, mas no fundo me divirto. Nada mais engraçado do que encurralar com a lógica um crente radical até que ele não tenha outra alternativa a não ser gritar que tudo é uma questão de fé. Escreva mais, sim, debate é bom e eu gosto!

    ResponderExcluir
  5. muito legal teu blog! parabéns.

    ResponderExcluir
  6. Ricardo, pela maneira que você fala "a muitos anos mas somente a pouco tempo" eu presumo que você não seja um leitor dos mais vorazes.

    Li o blog, embora superficialmente,e sinto falta de comentários de ateus realmente inteligentes (de crentes também, mas não vi nenhum até agora)

    Lineu, que bom que gosta de debate, estou aberto
    e ansioso para debater com você. Não sou pregador, detesto igrejas e religiões em geral, mas sou cristão.


    abraço

    ResponderExcluir
  7. No blog há citações, links e reproduções de textos de Einstein, Richard Dawkins, Carl Sagan, além de frases de Woody Allen, Juca Kfouri, Drausio Varella e tantos outros ateus célebres e anonimos. Mesmo assim, David, você sentiu falta de comentarios inteligentes?

    ResponderExcluir
  8. Kara esse blog e muito bom tenho 16 anos e sou ateu desde pequeno eu vivia dentro de igrejas mas sem pre me questionei sobra varias coisas ai comecei a pesquisar sobre teorias cientificas compara com a biblia, e ate que cheguei a uma conclusão que eu era ateu.
    parabens pelo blog continue fazendo suas postagens.

    ResponderExcluir
  9. não tenho nada contra espiritismo, macumba, etc. cada um na sua. mas que o cara era uma fraude, ah isso ele era.

    ResponderExcluir
  10. uheuehueheueh
    espírita é uma praga, mas ateu é uma praga pior ainda.
    Interessante seu post, no entanto. Sempre soube que esse Chico só podia ser um charlatão.

    ResponderExcluir
  11. A praga do ateismo serve para combater um pouco a praga da religiosidade...mas a gente pelo menos não cobra dízimo. abs, Lineu

    ResponderExcluir
  12. Lineu, homem de poca fé!
    Não sabe que vai se estrepar no Umbral por causa disto, rapaz? Seu, seu... Seu espírito trevoso! Mas não há de ser nada: um dia, o grande Ramatis acaba te levando pra Marte, pra tu ver o pau cantar! Afinal, Marte não apenas é habitado, habitado pra chuchu, como tem uma civilização muitíssimo mais evoluída que a terrestre em termos tecnológicos, e é de lá que chegam os UFOs. E se não vemos nada disso nas fotos enviadas pelas missões espaciais, é porque não temos evolução espiritual suficiente, oras. O mentor espiritual conhecido como Papai Noel também veio de lá, pro teu governo.
    Quanto ao Chico Xavier, ele mentiu, trapaceou, engropiu, falsificou, mas deu consolo a taaaaaaaaaaanta gente!
    Falando sério agora: um consolo baseado numa fraude será mesmo um consolo?

    Abraços.

    ResponderExcluir
  13. Estou curiosa pelo assunto e gostaria de saber quais suas referências e fontes de pesquisa?

    Vc parece tão menos convicente do que aquele acusado da fraude...

    Há, de fato,alguma evidência real de fraude ou isso é apenas mais um blá-blá sobre a existência das atividades paranormais?

    Concordo com o autor acima que reconhece sua coragem mas denuncia sua falta de solidez.

    por gislaine

    ResponderExcluir
  14. Gislaine, vamos nos ater um pouco ao caso das fotos: veja que Chico Xavier posa para elas, não são fotos não autorizadas e que ele pudesse depois negar, ele olha sorridente para a câmera ao lado de seus fantasmas e envia pessoalmente as fotos para as revistas da época, como prova de suas materializações. Olhe bem essas fotos e me diga se elas em si já não são evidencia suficiente da fraude. Ou será que dá para crer que aquela mulher coberta pelo lençol é mesmo um espírito? E o homem com o pano branco na boca você realmente olha aquela foto e imagina que pode mesmo ser alguém expelindo ectoplasma? A “fantasma” foi depois identificada, era uma mulher presa mais de uma vez por charlatanismo, olhe nos posts e nos comentários aqui do blog, eu já passei diversos links para páginas que contam esses casos em detalhes.
    Minha experiência debatendo ateismo mostra que quando alguém quer muito acreditar em alguma coisa passa por cima da lógica, das provas, da realidade e até do que vê e ouve.
    O melhor exemplo disso são as videntes e amarradoras do amor cujas atividades transpiram fraude por todos os poros mas continuam atraindo incautos desesperados por alguém que diga o que querem ouvir. Para você e para tantos outros é importante exigir de mim e dos outros críticos de Chico "evidencias reais" da fraude mas não percebem que a mesma exigência não é feita ao próprio "medium". Ele se sentava à mesa, punha a mão do rosto, pegava um lápis e papel e sai escrevendo uma estória, que depois atribuia a um espirito. Eu lhe pergunto, qual e evidencia real de que ele não estava apenas usando sua imaginação e escrevendo um livro? Ninguém vê ou ouve o tal espírito nem há sobre sua presença ou participação a menor prova ou evidencia de qualquer espécie, mas é ao cético que é atribuído o ônus da prova?
    Um ateu tem a firme convicção da inexistência não apenas de um deus criador mas de alma, espírito ou qualquer manifestação energética que pudesse sobreviver à morte. Para um ateu, morreu, acabou. Logo, mediunidade só pode ser explicada de duas formas: charlatanismo (a mais comum) ou algum nível de esquizofrenia, múltipla personalidade ou surto psicótico.
    Pense bem: que provas você tem da mediunidade dele?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pena que vc não pode conhece lo...mas tem muitos outros mediu a psicografando por esse brasil, que tal falar de alguém que ainda esteja encarnado?? Afinal todos tem direito a responder as acusações feitas, com exceção é claro dos desencarnados..

      Excluir
  15. Olá, a todos que nao acreditam,
    um dia quando perderem alguem que realmente gostem muito, estão convidados a vir a uberaba, ou outro centro espírita do bem, e receber uma mensagem consoladora, que vcs verão como uma pessoa que nunca te viu, saberia tantos detalhes de alguem que vc conhecia e morreu, com muito e muitos detalhes.
    totalmente impossível de contestar.
    só procurem fazer o bem, nao precisa acreditar em nada nem seguir religioes,
    até mais,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conheço muitas pessoas que fizeram isso em muitos lugares do Brasil e nada encontraram...

      Excluir
    2. Pis eh eu tb vi muitas dessas cartinhas e nunca vi esses detalhes somente balbuciavam bobagens e nada de inedito.

      Excluir
  16. Agradeço pela gentil oferta mas imaginar que almas de pessoas mortas fiquem escrevendo cartas aos entes queridos não faz parte da minha lista de crenças. De qualquer forma, concordo com a colocação sobre fazer o bem, sugiro ler aqui no blog o post sobre como ser ateu e cristão ao mesmo tempo...

    ResponderExcluir
  17. Caro Lineu, eu te desafio a explicar isso :

    http://www.catolicismo.com.br/materia/materia.cfm?idmat=78F44B7B-3048-560B-1C0E887EA3F01DB6&mes=Janeiro2006

    http://deusvivorj.sites.uol.com.br/lanciano.htm


    http://stdominic3order.blogspot.com/2007/01/santos-incorruptos.html

    http://reporterdecristo.com/nossa-senhora-de-fatima-o-milagre-do-sol/

    Muitas coisas ainda tería para te mostrar, mas por hora bastam essas.
    Tudo o que você disse sobre o espiritismo eu concordo totalmente, porém isso não quer dizer que Deus não exista ! Ele nos dá provas a todo o momento, só não enxerga quem não quer !
    Com o catolicismo o buraco é mais embaixo... e não vai adiantar os nossos ateus de plantão virem com o velho e surrado argumento de que "algum dia tudo será provado".

    Considero o ateísmo uma prova de muito pouca inteligência apesar das aparência em contrário !!

    ResponderExcluir
  18. Você DEVERIA respeitar as pessoas ...

    ResponderExcluir
  19. Você deveria ler o livro dos médiuns porque suas explicacoes sao infundadas ... quando alguem esta psicografando as funcoes cerebrais se alteram ... querido, sou ESPIRITA SIM com orgulho e muito estudo ... nao tenho a intencao de dizer siga isso ou aquilo so acho que vc nao tem o direito de ferir a imagem de alguem que nao fez nada para vc e nem esta mais encarnado ... pense nisso e respeite para ser respeitado ... vivemos num pais denominado livre e todo mundo merece respeito

    ResponderExcluir
  20. Desculpe, mas discordar não é desrespeitar. O que eu verdadeiramente considero um desrespeito é explorar a fé e a ingenuidade humanas, como tão bem fez Chico Xavier.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será que ele foi tão explorador assim?! Vivia de seu parco salário e toda a renda obtida com os livros foi revertida a instituições de caridade!

      Excluir
  21. Aliás, só completando: eu li o livro dos espíritos, o livro dos mediuns e nosso lar.

    ResponderExcluir
  22. Lineu, estou apaixonada. Casa comigo?

    ResponderExcluir
  23. Lari, só se eu fosse mórmon ou muçulmano...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ateu não tem que seguir nada. Não existe adultério, pois não existe crença em pecado!!!aff absurdo!!

      Excluir
  24. Ou fora-da-lei! hahaha Perguntar não custa nada, não é?

    Mas parabéns pelo trabalho com o blog, espero que continue assim. O ateísmo ainda é objeto de muito preconceito, ainda mais neste país onde presidente pra se eleger tem que jurar de pé junto que é cristão. Logo, é importante que pessoas como você ajudem a desmistificar os conceitos religiosos e divulgar o ateísmo.

    Gostaria de aproveitar a oportunidade e falar sobre um comentário acima: "Você DEVERIA respeitar as pessoas". Eu já ouvi muito essa frase e Dawkins fala muito disso, da forma que as religiões são consideradas como intocadas e não devem ser questionadas, o que é absolutamente ridículo. E mais absurdo, mais hediondo do que esse pressuposto "respeito", é o fato dos espíritas propagarem que espiritismo é ciência. Os católicos se denominam religiosos, os muçulmanos também, os judeus também. Mas o espírita jura que é cientista estudando sei lá que ciência. Só se for a do charlatanismo. Isso que dá ter um povo cientificamente analfabeto. Consideram seriamente que uma pilantragem dessa possa ser ciência. É umaa ofensa a todos os que pesquisam e contribuem para desenvolver as moléculas, remédios, materiais e tantas tecnologias que todos fazem uso; como já foi o meu caso. São horas de trabalho árduo em laboratório, procurar os padrões corretamente, buscar resultados, dar satisfações pra orientador e tudo o mais. Aí o sujeito vai numa sala, pega um livro como dogma, acredita num charlatão ou esquizofrênico que fala qualquer coisa (sempre sobre esperança e sentimentos e coisas vagas, nunca uma nova matematização para o átomo) e diz que é isso é ciência. Dá licença.

    Que tarefa ingrata e difícil é combater a ignorância!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  25. Olá a todos os pensantes e não pensantes, ateus e religiosos, respectivamente. É a primeira vez que comento - até por que é a primeira vez que aqui adentro. Toda vez que vou postar meu nome nao dá certo, por isso, as vezes saio como anônimo. Cara, eu estava consultando sites e blogs criacionistas e encontrei grande divertimento em um especificamente. É o criacionismobrasil.blogspot.com E por que me divirto? Cara, em todos os artigos postados por eles eu envio um comentário imenso, cheio de ironia, mostrando todas as evidências da evolução, as conquistas da ciência, ateísmo e inconsistências e absurdos bíblicos. Os artigos deles faz pena. Sério. Eu não consigo não rir. Onde essa gente vai se esconder daqui a alguns anos? Nas cavernas? Sim, porque o cérebro deles foi atrofiado por lavagem cerebral crônica. O mais engraçado é que eles nunca exibem meus comentários. Ficam sempre "sob análise" ou aprovação. Pior: o que só é exibido é bajulação e puxassaquismo de outros criacionistas igualmente desinformados. Não, tem coisa pior: além de demonizar a ciência, desvirtuar conceitos, eles fazem um recorte de artigos científicos de revistas do nipe da Nature, pegando trechos específicos e remenda-os para corraborar com sua tese absurda. Estou pensando seriamente em enviar um e-mail para a revista avisando-os dessa infâmia criminosa. Outra: o blog é preconceituoso e agressivo contra os ateus e evolucionistas. Seus argumentos são pífios e facilmente refutáveis. Estou vendo uma meneira de fechar o blog ou, pelo menos, que eles se retratem, na justiça. Vou ao Ministério Público ter ciência de como proceder. Se vocês acesarem o blog e encherem o saco deles refutando seus pseudo-argumentos, seria hilário. Êita blog chato! Só tem criacionista. Não há discussão. Não há críica ou questionamentos. Só bajulação. Vamos entrar lá e azucriná-los com argumentação, sem agressão. Quanto mais eles nos agridem com palavras, mais nos fortalece em nossos ideais e pensamentos. Obrigado pela atenção e até a próxima.

    ResponderExcluir
  26. Vlad, veja que em site ateu seu nome sai direitinho... deve ser praga dos teístas (rsss). Vou dar uma olhada nesse site que voce falou, mas em geral eu não perco e não recomendo que se perca tempo com criacionistas, os argumentos deles são primitivos. A bíblia foi escrita em uma época em que não havia ciência, nada podia ser provado ou desmentido e as lendas assim viraram verdades. E agora, em pleno século 21, quando se deparam com o ridículo (planeta com 12 mil anos de vida, por exemplo) ficam desesperadamente procurando "fatos" que comprovem isso. Deprimente.

    ResponderExcluir
  27. Lari, essa é uma antiga estratégia da igreja, que criou a blasfêmia, a excomunhão e outras bobagens para aterrorizar as pessoas e mante-las fiéis ($$). Segundo a lógica católica afirmar que deus não existe, por exemplo, é pecado e faz você ir para o inferno. Nada mais diabólico, concorda?

    ResponderExcluir
  28. Sem novos factos que a alimentassem, a polêmica encerrou-se por si só. Amauri Pena, ainda na condição de alcóolatra, veio a ser internado em um sanatório na cidade de Pinhal, no interior do estado de São Paulo, tendo vindo a falecer pouco tempo depois. Ainda de acordo com a pesquisa de Souto Maior, o seu último desejo, algum tempo antes de falecer, foi o de divulgar um documento com um pedido formal de desculpas ao tio, sem que o conseguisse, uma vez que os então diretores da Federação Espírita Brasileira decidiram adiar essa retração sob a alegação de que os adversários da Doutrina poderiam insinuar que Amauri fora forçado a se arrepender (op. cit., p. 141).

    Quanto às motivações de Amauri para as declarações, Souto Maior cita duas hipóteses principais, ambas carecendo de maior embasamento:

    a)a passional, segundo a qual Amauri pretenderia impressionar e agradar uma jovem católica por quem estaria apaixonado; b)a pecuniária, segundo a qual Amauri teria sido subornado por um padre católico para desmoralizar Chico Xavier (op. cit., p. 141).

    ResponderExcluir
  29. Lineu, tenho um amigo ateu com quem adoro conversar. Os ateus têm uma opinião "enxuta " e isenta, com pontos de vista interessantes.
    Mas eles não gostam de falar de religião. Nem contra nem a favor. Simplesmente não cuidam disso!
    Por isso achei estranho seu interesse, em pesquisar,desmistificar, um espírita famoso como o Chico. E, ainda, voce acha, que mediunidade só pode ser explicada de duas formas: charlatanismo (a mais comum) ou algum nível de esquizofrenia, múltipla personalidade ou surto psicótico.
    E eu, que me achava tão normalzinha, ninguém tinha tentado me classificar antes!
    Ainda bem, que nem todos levam tão a sério o ateísmo como você!

    ResponderExcluir
  30. A respeito do Sérgio Ceccato Filho que você, Lineu, e a Cristina comentaram, tenho alguns comentários a fazer, pois não acho justo julgar uma pessoa sem ter referências concretas sobre ela.
    Recentemente realizei um curso com o Sérgio sobre a Homeostase Quântica da Essência, que se refere basicamente a Física Quântica, onde a fórmula de Einstein é a fundamentação de sua tese. Se tudo é energia, então um pensamento que emite ondas vibracionais também é.
    Será quem nem na Física Quântica você acredita?
    Antes de falar mal e acusar as pessoas, pesquise para garantir a sua própria credibilidade.
    E tem mais, ele não vive de luz, ele faz experiências com o próprio corpo e tem acompanhamento médico para provar cientificamente tudo o que ele realiza.
    O Sérgio uniu ciência e religião, pois respeita as crenças de cada um. Assim consegue convencer céticos e religiosos e em nenhum momento incitou alguém a seguir suas teorias ou falou de feng shui, numerologia e demais terapias.
    Estamos quites agora, contestei com provas a sua afirmação errônea sobre o Sérgio.

    ResponderExcluir
  31. Contestou com provas? Que provas??

    ResponderExcluir
  32. Deve nos parecer óbvio que não é possível descrever ou explicar fenômenos que fogem ao que entendemos por realidade "normal", digamos assim. Alguém que escreve mais de quatrocentos livros é uma excentricidade, que me custaria julgar apenas a partir de uma anomalia psicológica, como a esquizofrenia,por exemplo. Como saber o que está por trás dos "fenômenos estranhos" que, vez por outra, acontecem, e até nos damos conta disso? Se, por exemplo, algo acontece, e a Ciência chega à conclusão de que isto é devido a um distúrbio mental qualquer, poderá a Ciência também explicar o fator que provoca tal distúrbio? Carência de determinada "enzima" [digamos assim, mesmo sem conhecimento científico algum]... Mas o que provocou a carência da tal "enzima"?... E assim, de pedaço em pedaço, alcançamos o "ininteligível", o qual, por definição, NÃO SABEMOS DO QUE SE TRATA... Essa é A LEI DO POÇO SEM FUNDO, a que todos nós estamos submetidos, sejamos religiosos ou ateus, isto não importa nem um pouquinho...

    ResponderExcluir
  33. Questionamentos:
    No artigo: “Há, entretanto, uma enxurrada de provas e evidências mostrando que, na verdade, tudo nunca passou de uma fraude bem construída e defendida a unhas e dentes por toda a vida do caridoso espírita”.
    Pergunta: Onde estão tais provas? Falo de provas, não de especulações, porque até hoje só encontrei especulações.

    No artigo: “Mensagens psicografadas de pessoas vivas, mensagens enviadas por pessoas que nunca existiram e foram inventadas por jornalistas”.
    Pergunta: Onde estão tais mensagens?

    No artigo: “fotografias de fantasmas (sim, com lençol branco na cabeça e tudo)”.
    Pergunta: Em que isso desqualifica a mediunidade de Chico Xavier, provando que ele era uma fraude? Afinal, quem estava com lençol? Era ele?

    No artigo: “textos plagiados”.
    Pergunta: Que textos plagiados foram esses? Os do Humberto de Campos? Com tantos textos plagiados, Chico Xavier devia ter muitos processos na justiça.

    No artigo: “livros repletos de tolices (como o que descreve a vida em Marte)”.
    Pergunta: Será que só é possível existir vida no nosso plano dimensional? Até pouco tempo atrás, acreditava-se que a velocidade da luz era intransponível, todavia, neutrinos ultrapassaram a luz em 16.000 testes. Até que se prove o contrário, a luz deixou de ser intransponível. Há mais de 20 anos, acreditava-se que planetas gigantes, como Júpiter, não poderiam orbitar suas estrelas a uma distância inferior a Mercúrio e o Sol, entretanto, há uns 10 anos, descobriam planetas maiores que Júpiter orbitando estrelas a distâncias inferiores a Mercúrio e o Sol. Quem somos nós para dar certeza de algo? Mal conhecemos nossas profundezas oceânicas; mal chegamos na Lua; nossos objetos mais distantes, Voyager I e II, não estão nem na metade do caminho entre Plutão e a nuvem de Oort, e foram lançadas há mais de 35 anos!

    No artigo: “inúmeras informações falsas sobre sua biografia (a mais evidente é a que dizia ser Chico uma pessoa iletrada”.
    Pergunta: Onde Chico Xavier afirmou que era iletrado? Provavelmente, isso é mais um mito criado por fanáticos.

    No artigo: “Sem falar no sobrinho que pouco antes de morrer em um acidente de carro deu entrevistas às revistas Manchete e Realidade contando que na verdade os textos eram escritos pelo próprio Chico e muitas vezes por ele mesmo, o sobrinho”.
    Pergunta 1: Onde se pode comprovar a morte do sobrinho de Chico Xavier em um acidente de carro?
    Pergunta 2: As afirmações do sobrinho de Chico Xavier se comprovaram? Chico Xavier psicografou por mais de 70 anos e publicou mais de 450 livros. Tempo mais que suficiente para desmascarar qualquer embusteiro ou doente mental. Por que nunca o desmascaram? Por que só ficavam nas especulações? Especulação não é prova. Assim era o tal pe. Quevedo, que vivia acusando Chico Xavier de charlatanismo, mas nunca o desmascarou. Só ficava nas especulações. O tal James Randi é a mesma coisa: Especula, reproduz com ilusionismo, desafia os outros a irem até ele para provar o que fazem, mas não arreda o pé do seu escritório para investigar in loco os ditos fenômenos e desmascarar de verdade os charlatões. De gente assim, que fica berrando aos quatro ventos, acusando e contestando os outros sem provar nada, sem atitude real e convincente, o mundo está saturado. Precisamos de pessoas sérias e com coragem para enfrentar cara-a-cara o que julgam estar errado; pessoas que acusam e buscam provas cabais, desmascarando de verdade; chega de blá-blá-blá; chega de gente pusilânime, gente de muito papo e pouca ação. Se Chico Xavier era um charlatão, deviam tê-lo desmascarado em vida.

    ResponderExcluir
  34. Nestor, todas as suas colocações estão respondidas nos comentários deste e de outros 2 ou 3 posts sobre Chico Xavier aqui do blog.
    Algumas complementações rápidas:
    1) Vida em Marte? Nestor, diversas naves e veiculos já visitaram Marte e a única possibilidade real de vida lá é microscópica.
    2) Sobre as fotos, ele nao estava com o lençol mas posa ao lado da charlatã e divulga as fotos na época como prova das materializações que fazia.
    3) As mensagens das pessoas vivas foram pequenas armadilhadas armadas por jornalistas das revistas Realidade e Manchete e CX caiu como um patinho. Pesquise o caso no google e voce vai encontrar muitas informações.
    4) O caso do sobrinho é público e notório, faz parte da biografia dele, não fui eu que o inventei.

    ResponderExcluir
  35. Lineu, eu pesquisei e não encontrei essas pequenas armadilhas armadas pelos jornalistas das revistas Realidade e Manchete nas quais CX caiu como um patinho.
    Você pode indicar algum endereço na Internet, que tenha tais matérias?

    ResponderExcluir
  36. Lineu, eu pesquisei e não encontrei essas pequenas armadilhas armadas pelos jornalistas das revistas Realidade e Manchete nas quais CX caiu como um patinho.
    Você pode indicar algum endereço na Internet, que tenha tais matérias?

    ResponderExcluir
  37. Nestor, comece por aqui:
    http://obraspsicografadas.haaan.com/2010/resgaste-histrico-revista-o-cruzeiro-de-27101970/

    ResponderExcluir
  38. Lineu, eu já acessei e li esses artigos do site obraspsicografadas, mas não encontrei essas matérias com essas pequenas armadilhas armadas pelos jornalistas das revistas Realidade e Manchete nas quais CX caiu como um patinho.
    Isso é muito interessante para mim. Em todo site que eu acesso, que afirma que Chico Xavier era uma fraude, só encontro suposições; especulações; conjeturas; nada cabal, nada de concreto; nenhuma prova consistente. É como, por exemplo, essas armadilhas onde CX caiu como um patinho. Já vi afirmarem, taxativamente, que o então repórter Hamilton Ribeiro da revista Realidade tinha inventado um enfermo, que necessitava de uma receita, e que CX tinha psicografado tal receita. Pesquisei sobre isso e encontrei a matéria original da revista Realidade, do Hamilton Ribeiro. Lá, dizia que Chico Xavier passou uma orientação espiritual ao solicitante e não uma receita ao fictício enfermo, ou seja, não prova que o CX caiu em um engodo. Chico Xavier teria sido desmascarado se tivesse passado uma receita ao tal enfermo inexistente, mas isso não ocorreu. O próprio Hamilton Ribeiro ficou sem saber o que dizer.
    Outros afirmam que Chico Xavier caiu como um patinho no engodo armado pelos repórteres David Nasser e Jean Manzon da revista Cruzeiro. Eu pesquisei sobre isso e encontrei um relato narrado pelo próprio David Nasser, onde ele conta tudo e confirma a mediunidade de CX, afirmando, inclusive ter medo dessas “coisas” relativas ao espiritismo. Existe até uma reportagem dele no YouTube, falando isso. Outros ainda chegam a afirmar que o dr. Waldo Vieira acusou CX de charlatanice. Eu também pesquisei sobre isso e me confrontei, justamente, com o oposto. Waldo Vieira nunca desqualificou a mediunidade de Chico Xavier. Muito pelo contrário. Na verdade, Waldo Vieira confirma categoricamente a veracidade da mediunidade de CX. Basta ver os vídeos do Waldo Vieira no YouTube. É só pensar: Waldo Vieira escreveu 17 livros em parceria com o CX, portanto, não teria lógica ele dizer que Chico Xavier era uma fraude.
    Eu pesquiso, mas nunca encontro uma prova cabal que Chico Xavier era um embuste; algo que me convença; isso vai me esclarecer muito. Só encontro especulações.
    Quero saber onde estão tais matérias com essas armadilhas que pegaram CX como um patinho?

    ResponderExcluir
  39. Nestor, lembre-se que estamos falando de fatos ocorridos há 60 anos, quando não havia internet nem tantos recursos de informação. Os casos não foram à justiça e, assim, nem sempre deixaram provas para a posteridade. O caso de Hamilton Ribeiro é o mais documentado e, desculpe, não faz a menor diferença se foi uma receita ou uma orientação, o grave é ele não ter percebido que a pessoa não existia. Veja uma das coisas que disse Ribeiro: "Meu fotógrafo viu um dos assessores de Chico levantar o paletó discretamente e borrifar perfume no ar. As pessoas pensavam que o perfume vinha dos espíritos". Percebe? Pura encenação...
    Outros jornalistas, inclusive da Revista Realidade, fizeram coisas semelhantes, vou procurar os links para te passar, mas não se atenha apenas a esses casos, foram apenas peças pregadas em CX, talvez nem possam mesmo ser comprovadas hoje em dia. Se você quer se aprofundar, pesquise sobre Otilia Diogo, por exemplo, com quem CX teve uma embaraçosa parceria. Leia sobre como a equipe de CX entrevistava as pessoas antes das sessões e de como as informações que apareciam nas mensagens continham dados dessas conversas e das cartas enviadas anteriormente pelas familias. Aprofunde-se sobre a mentira que é dizerem que CX era iletrado quando era devorador de livros e estudioso de idiomas, sempre como auto didata já que deixou a escola formal após o primário. Leia mais sobre o circo espírita que CX conduzia com truques primários de materialização, incluindo ridiculas demonstrações de pessoas expelindo ectoplasma (há fotos!). O sucesso de CX é consequencia da imensa vontade das pessoas em acreditar em algo como aquilo: um meio de comunicação com os mortos, ele simplesmente vendia algo que as pessoas queriam muito comprar: consolo.

    ResponderExcluir
  40. Lineu, provas cabais são de suma importância para mim. Até hoje, só tenho encontrado especulações e sofismas. Por exemplo: No caso da receita solicitada pelo então repórter Hamilton Ribeiro a um hipotético enfermo, você afirmou o seguinte: “Não faz a menor diferença se foi uma receita ou uma orientação, o grave é ele não ter percebido que a pessoa não existia”. Faz diferença sim, pois o fato de CX não ter declarado que a pessoa não existia não implica em ele não ter percebido. A orientação espiritual é muito genérica. A saber: "Junto dos amigos espirituais que lhe prestam auxílio, buscaremos cooperar espiritualmente em seu favor, Jesus nos abençoe". Não vejo como esta orientação depõe contra a mediunidade de Chico Xavier. Se fosse uma receita ao enfermo fictício, seria uma prova cabal. É isso que procuro. Procuro provas concretas e não suposições.
    Outro argumento seu, foi o seguinte: “Veja uma das coisas que disse Ribeiro: "Meu fotógrafo viu um dos assessores de Chico levantar o paletó discretamente e borrifar perfume no ar. As pessoas pensavam que o perfume vinha dos espíritos". Percebe? Pura encenação...”. Sim, realmente isso é uma encenação, contudo, isso não desqualifica a mediunidade de CX.
    Já li e vi muitos textos e entrevistas de pessoas que receberam cartas psicografadas de CX e tenho visto que houve algumas entrevistas com algumas pessoas, mas foram entrevistas sucintas e muitas outras não foram entrevistadas. Acho um tanto inverossímil Chico Xavier memorizar tanta informação em curto período de tempo, para passar pro papel, sem errar ou confundir os detalhes de um destinatário para outro durante as sessões. Chico Xavier recebia, em média, umas 500 pessoas por dia. Era muita gente para ser entrevistada, muita informação para memorizar. Tenho lido e visto muitos depoimentos de pessoas que afirmam que as cartas psicografadas tinham detalhes jamais mencionados a ninguém em Uberaba.
    Chico Xavier mesmo jamais disse ser iletrado e o fato de ele ser ou não um leitor compulsivo e estudioso de línguas não prova que a sua mediunidade era uma farsa.
    As materializações, ectoplasma, etc. não foram protagonizados por CX, pois não era ele quem as executava. O caso de Otília Diogo, por exemplo. Ou seja, isso também não desqualifica a sua mediunidade.
    Você disse: “Talvez nem possam mesmo ser comprovadas hoje em dia”. Essa é a questão.

    ResponderExcluir
  41. Nestor, se para você provas cabais são de suma importância como você pode acreditar na mediunidade? Atividade sustentada pela fé, pela ingenuidade e pela carência emocional das pessoas, jamais passou perto de qualquer comprovação cientifica, que dizer de algo “cabal”.
    Desculpe, mas é incoerência sua.
    Agora, pense comigo: se CX era mesmo um médium tão importante porque precisaria de um assistente borrifando perfumes disfarçadamente na sala? O perfume – que ele associava à chegada da entidade – deveria vir naturalmente, não acha?
    Os dados das pessoas ele retirava das entrevistas e das cartas mas a técnica não era a de memorização e sim, provavelmente, ajuda de assistentes, verbalmente ou através de bilhetes.
    Sobre Otilia Diogo, ela foi presa mais de uma vez como farsante, inclusive em um quarto de hotel onde foram encontradas as roupas “de espírito” e o tal ectoplasma (que não passava de um pano de algodão). Chico participou de “materializações” com ela, as fotos comprovam isso. Observe, ele está posando ao lado do “espírito”, é parte do ato e não um observador isento.
    Se achasse que aquilo era um embuste deveria então ter denunciado, não acha?
    Sobre ele ser iletrado, quem afirma isso são seus defensores alegando que sem educação formal CX não poderia jamais ter escrito aqueles textos, o que já se comprovou ser uma mentira, já que ele lia e estudava muito, como autodidata, e era muito culto.
    Olha, essa discussão é infinita, se você ler com atenção todos os comentários dos posts sobre CX vai poder comprovar isso.
    Como ateu esse detalhes não fazem grande diferença já que tenho convicção na ausência de planos espirituais, médiuns, entidades e coisas afins.
    As explicações para o “fenômeno” Chico Xavier eu reproduzi em um post novo, não acredito em nada diferente daquilo.

    ResponderExcluir
  42. Provas são provas, especulações são especulações. Como eu já disse antes, só tenho lido especulações sobre Chico Xavier. Para não admitir a possibilidade da sobrevivência da consciência após a morte do corpo físico e a comunicação entre tais dimensões, muitos especulam tanto que transformam Chico Xavier em um mito maior do que foi.
    Acreditar em mediunidade não é uma questão de fé. É preciso vivenciar. Eu já testemunhei muitas fraudes, mas já testemunhei fatos inexplicáveis no âmbito científico contemporâneo, como, por exemplo: Uma família, na década de 70, cuja uma das filhas, adolescente, havia falecido. Foram a um centro espírita. Foram os pais e mais a outra filha mais jovem de 14 anos. Iniciada a sessão, pouco tempo depois, em vez do médium do centro incorporar, quem incorporou o espírito da filha falecida foi essa irmã mais nova (a de 14). Ela incorporou, seu semblante e sua voz alteraram e ela disse que só se manifestaria aquela vez e pediu para que todos parassem de lamentar a sua morte, pois isto estava impedindo-a de desvencilhar-se do ambiente caseiro e os pensamentos de sofrimento deles a afetava diretamente. O pai, cético então, pediu provas. Em certo momento, o espírito disse que precisava ir, mas antes teria de ajudar uma prima que corria risco de vida naquele momento, e citou o nome da prima em questão. Finda a sessão, todos se despediram e foram para casa. A irmã, que até então não sabia que era médium, não se lembrava de coisa alguma, pensou que tivesse dormido o tempo todo. Ao chegarem em casa, encontraram os pais da tal prima, citada pela falecida, e estes contaram que a moça havia e se afogado na piscina do clube, mas que seu próprio irmão sentiu sua ausência, foi procurá-la, encontrando-a inconsciente na piscina, mas ainda viva. Ele a resgatou e fez os primeiros socorros imediatamente, salvando-a. O pai da falecida jovem, que estava descrente até então, passou a ter interesse e estudar o assunto.
    Assim como esta narrativa, eu mesmo já presenciei muitas outras coisas, onde médiuns em lugares que nunca fui e nem conhecia ninguém, chegando sem avisar e sem conversar com ninguém, falavam coisas da minha vida, que seria impossível saberem.
    O fato de você jamais ter vivenciado ou presenciado tais fenômenos não garante que sejam impossíveis.
    É claro que existe muita pilantragem (e eu mesmo já comprovei muitas) e é por isso que insisto em provas.

    ResponderExcluir
  43. Mas Nestor, continuo achando incoerência, você insiste em provas cabais só em relação às acusações de fraude que são feitas contra CX mas não faz a mesma exigência em relação às "manifestações" espíritas.
    Sobre esse caso da década de 70, você estava lá pessoalmente? Quem testemunhou os fatos? Muitas explicações poderiam ser dadas, exemplos: 1) Estória totalmente inventada, como tantas 2) Fraude, tudo combinado entre as pessoas 3) Algum tipo de transe da irmã associado à coincidência da prima 4) Um enorme "não sei"...
    Leia um livro chamado "O Mundo Assombrado pelos Demonios", de Carl Sagan, ele explica em detalhes como casos assim ocorrem, aliás, alguns bem mais impressionantes que esse que voce relatou mas, bem analisados, ou são fraudes ou são manifestações psíquicas, nunca espirituais.

    ResponderExcluir
  44. Lineu, tenho algumas considerações a fazer:
    A minha insistência com relação a provas cabais que invalidem a mediunidade de CX é óbvia e já expliquei isso. Com relação às manifestações espíritas: Eu já disse, é preciso vivenciá-las ou presenciá-las, é claro que existe muita picaretagem por aí, ou seja, deve-se ficar atento.
    Sobre o caso da década de 70: A jovem, que tinha 14 anos na época, é minha irmã. Além de mim, que também era muito jovem, o fato foi testemunhado pelos nossos pais e mais umas 2 ou 3 pessoas. É claro que inúmeras explicações podem ser dadas a fatos imponderáveis, mas todas não passam de suposições; especulações.
    Você disse algo que desejo destacar: “Algum tipo de transe da irmã associado à coincidência da prima”. A palavra transe é muito abrangente, mas foi bem colocada nesta frase, porque muitos tipos de mediunidade levam irrefragavelmente ao transe; a incorporação, por exemplo, é uma delas. Contudo, afirmar que pode ser coincidência (coincidência demais, diga-se de passagem), acho que é uma questão de, simplesmente, não querer admitir a possibilidade de haver um plano existencial diverso deste e incorpóreo; a probabilidade da existência de uma realidade extrafísica e um meio natural de comunicação entre ambas.
    Continua...

    ResponderExcluir
  45. Não estou pedindo para você ou qualquer outro acreditar em minha narrativa. Só narrei para demonstrar que existe um universo de infinitas incógnitas, que a Ciência ainda não compreende e também ainda não pode comprovar, mas que podemos vivenciar ou testemunhar. Ciência é busca de conhecimento. O que é tido como verdade absoluta hoje pode tornar-se uma ínfima parte de uma verdade muito maior amanhã, ou seja, a Ciência está em constante atualização – a Ciência evolui; a Ciência não é perfeita. Em virtude disso, a Ciência não tem respostas para tudo. Sendo assim, é tolice utilizar a Ciência para negar o que ela mesma ainda não negou, ou melhor, ainda nem se pronunciou definitivamente. A Ciência é imprescindível, pois foi ela quem nos retirou do obscurantismo medieval, perpetrado pela Igreja, mas é um erro fazer uso dela para condenar o que ela mesma ainda não condenou. Alguns cientistas já cometeram – e ainda comentem – este erro, isto é, rechaçam o que desconhecem e sem comprovações, lançando mão de posturas idiossincráticas e conjecturas, por vezes, estapafúrdias e pueris, para explicar o imponderável, enquadrando-o às suas próprias concepções, sem o menor aval da Ciência oficial, que se mantém neutra em tais questões, por óbvias razões. Esses cientistas, que adotam tal postura, agem tais quais muitos religiosos pelo mundo a fora; abrem mão da Ciência séria para, tão somente, externar as suas opiniões pessoais, mas inescrupulosamente fazendo uso da Ciência (lastimável!).
    Continua...

    ResponderExcluir
  46. Este é o caso do astrofísico Carl Sagan em seu livro “O Mundo Assombrado pelos Demônios”, onde ele apenas expõe a sua idiossincrasia, baseando-se tão somente em especulações, um tanto pueris e inverossímeis para um cientista de tão elevado quilate como foi o dr. Carl Sagan. Por exemplo: A explicação de Carl Sagan para “a sensação de estar caindo de uma altura, ao adormecer, e nossos membros se movem por si. Talvez seja um resíduo dos tempos em que nossos antepassados dormiam nas árvores”. Vê-se, nitidamente, que se trata de uma especulação, sem nenhuma prova científica. Ele expressou a sua opinião; a sua idiossincrasia. Isso não tem nada de científico. Nesse livro, o dr. Carl Sagan revela o seu lado humano, externando o seu pensamento sem vínculo científico, são as suas subjetividades, ou seja, não é o cientista Carl Sagan; é o ser humano Carl Sagan com uma boa dose de arrogância. Outro exemplo: A metáfora do dragão na garagem. A metáfora tem lógica, mas fica evidente que se trata de um artifício para refutar o que seria cientificamente inexplicável. Duvido que o dr. Carl Sagan teria uma explicação científica comprovável se fosse, sem avisar, a uma sessão espírita séria e o médium falasse coisas que seriam impossíveis do próprio médium saber, e sem o dr. Carl Sagan ter falado coisa alguma a alguém. Nesse caso, a metáfora do dragão na garagem cairia por terra.
    Continua...

    ResponderExcluir
  47. Pessoalmente, creio que o dr. Carl Sagan jamais fora a uma sessão espírita. Carl Sagan, ao qual tenho muitíssimo respeito como cientista, em seu livro “O Mundo Assombrado pelos Demônios”, pisou em terreno movediço, não foi científico, só especulou e, lamentavelmente, sofismou no intuito de dar um verniz científico à sua idiossincrasia. Em suma: O dr. Carl Sagan atropelou a Ciência, dando uma de dono da verdade, assim como muitos religiosos por aí. Às vezes, a soberba torna mais fácil repudiar a qualquer custo do que admitir alguma possibilidade.

    ResponderExcluir
  48. Eu respeito e admiro o trabalho de cientistas como o dr. Carl Sagan, mas não renego o que já vivenciei e testemunhei só porque uma pessoa com títulos acadêmicos e muitos méritos científicos na sua área de atuação, mas tão falível quanto eu, afirma que tudo é farsa ou mera alucinação. Não obstante, não condeno quem nunca viveu tais experiências não acreditar, mas acho ingenuidade alguém crê na opinião pessoal de um(s) cientista(s) só porque é um cientista. O cientista pode ser muito bom na sua área, mas antes de tudo é um ser humano tão imperfeito quanto qualquer um. Assim como existem cientistas que apenas limitam-se a desdenhar os fenômenos inerentes ao espiritualismo, existem muitos outros que atuam pesquisando tais fatos. Outrossim, existem os que se preservam na neutralidade.

    ResponderExcluir
  49. O fato de a Ciência jamais ter negado algo não impossibilita a existência desse algo. A Ciência trabalha com provas físicas e é nisto que reside a dificuldade de se comprovar cientificamente os fatos concernentes ao espírito. Portanto, a Ciência se mantém prudentemente neutra. Quem utiliza a Ciência para rechaçar tais fenômenos está se precipitando ou sendo sofista, para impor a sua idiossincrasia, e está sendo incauto aquele que, sem conhecimento ou experiência, segue incondicionalmente tais posturas. Sendo assim, cada um deve fazer a sua busca pessoal, comprovando para si mesmo.

    ResponderExcluir
  50. Respeito sua experiência pessoal e jamais duvidaria de sua sinceridade ao descreve-la mas em geral casos assim são explicados pela fragilidade lógica das pessoas durante o auge de seus traumas. A vontade de crer naquilo é tão grande que detalhes são desprezados, perguntas são esquecidas, a dor e a necessidade de consolo suplantam o bom senso, a lenda se cria e o passar do tempo completa o serviço.
    Sobre Carl Sagan, você afirmar que ele atropelou a ciência em seu livro e ao mesmo tempo defender o teatrinho de CX é outra das suas incoerências.
    Você continua rigoroso com o ateismo (exigindo provas "cabais") mas benevolente com as crendices, a quem nada exige como prova.

    ResponderExcluir
  51. Lineu, o namorado de minha avó, morou em uberaba na mesma época que xavier, ele o conheceu e falou que a história toda era realmente verdade e que xico chegou a psicografar para ele uma mensagem, e que realmente ficou convencido que era de seu falecido pai, pois a mensagem continha informações que só ele e o pai sabiam.
    o que você acha disso? me dê sua opinião.
    ps: também sou ateu, mais acho essa que essa história realmente defende que xico não foi uma farsa, um mito. se puder me explicar agradeço, um abraço

    ResponderExcluir
  52. rryy, quem quer muito acreditar em algo que lhe faz bem costuma ignorar evidencias, minimizar provas contrárias, exagerar pontos a favor da estória. Isso é humano, qualquer pessoa faz isso em certas circunstancias. Leia meus posts sobre amarração do amor e veja qual é a técnica: pura analise probabilistica, o medium (ou cartomante, leitora de buzios ou de mãos, etc) calibra seus chutes em função da pratica que tem em analisar detalhes da pessoa. Cada vez que acerta ganha uma pessoa divulgadora de seus poderes, talvez seja o caso do namorado da sua avó. Outra coisa: a equipe de CX fazia entrevistas previas com o consultante ou com membros de sua familia e muitos dos detalhes "que ninguem podia saber" vinham daí. Se você é mesmo ateu como pode ter duvidas? Você acha mesmo que mortos ficam "lá no céu" escrevendo livros pelas mãos de mediuns?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perai,não consigo te entender.o Valdo vieira era do corpo de mediuns que trabalhava com o Chico,hoje em dia é ligado a projeciologia e conscienlogia,coisas que você mesmo diz que é fraude,porem quando ele fala mau o chico ai a opinião dele já te serve?ou ele é criveu ou não é. Seria o mesmo que dizer que não acredito na ciência e vir para a internet que é dado pela ciência,ou seja incoerente

      Excluir
  53. O curso de Teologia Espírita o qual esta sendo ministrado pela faculdade dr. Leocádio Jose Correia na cidade de Curitiba , no estado do Paraná NÃO esta autorizado pelo Ministério da Educação a lessionar. O mesmo mente pela portaria do curso de Teologia 2.501 de 30 de agosto de 2002 o qual tenta incluir o termo "espirita" em seus designios para enganar a população.

    Leocádio Jose Correia não é médico

    Acesse:

    espiritosnuncamais.blogspot.com

    At.

    Espíritos Nunca Mais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se as pessoas fossem ao menos sinceras para nos dizer o porque de suas frustrações, de suas desilusões e de seus desenganos, talvez fosse mais fácil compreender as palavras duras que utilizam, tentando mascarar alguma mágoa guardada por um objetivo não alcançado, ao qual deposita em terceiros, as culpas e as dores de não terem conseguido se realizar. Na minha opinião todo aquele que age desta forma, está escondendo verdades e por isso ataca outras pessoas na ilusão de que assim possam, de certa forma, amenizar sua própria dor. Colocam para fora o que não conseguem carregar dentro de si mesmos, pois são fracos, inseguros e rancorosos. A inveja faz mais mal ao invejoso do que ao invejado. Com o tempo perceberão que não valeu a pena, adoecem e morrem vítimas de seu próprio veneno, de sua ira, de sua raiva contra o mundo. São na verdade os misantropos que andam todos os dias a incomodar quem quer apenas fazer seu trabalho, fazer o bem. Este tipo de gente não é nova, sempre existiram, assim como as pragas daninhas. baixos, pobres e rastejantes se julgam os donos da verdade por não acreditarem na existencia do bem e de pessoas capazes de renuncia a favor da humanidade. Voces passarão; mas as obras das pessoas de bem, ficarão para contarem sua própria história da realidade que existiu, apesar dos detratores. Isto é suficiente para a história.

      Excluir
    2. Sua mensagem não acrescenta nada, você apenas desabafa sem qualquer argumentação minimamente razoável. Imaginar que para ser "do bem" alguém tenha que crer em deus é de uma ignorância medieval, característica típica dos crentes mais radicais, como parece ser o seu caso. Vou lhe dizer que você sim me passa uma frustração imensa, provavelmente advinda de tanto esforço para adorar entes imaginários sem qualquer retorno além uma sensação de bem estar que poderia ser obtida com meditação.

      Excluir
    3. fui ver mas foi muito difícil de ler: "Cristo e Deus ""estavão"" presumindo", lá no texto. Até doeu...

      Excluir
    4. Nossa , tem tantos termos usados por gente ignorande que nem dá vontade de ler , e olhe que detesto espiritismo...

      Excluir
  54. vcs ñ tem o que fazer

    ResponderExcluir
  55. Vocês precisam ler o livro O MITO DO DEUS PAI publicado pela EDITORA BIBLIOTECA 24X7 e que pode ser adquirido diretamente no SITE DA EDITORA ou na LIVRARIA CULTURA. Ele discute o Universo Inteligente, senhor de sua própria criação. Aí vocês verão que os estremos estão errados, tanto o materialismo irrefreado como as religiões que aludem a um deus pai antropomorfo. Nele, vocês verão que somos quantidades ínfimas de energia gerada pela vibração da Inteligência Infinita que permei todo o Cosmos e que adquirimos consciência através das sucessivas reencarnações em corpos materiais até evoluirmos para Seres Superiores (Espíritos de Luz). Hoje, os cientistas já sabem que o universo todo é permeado por uma energia. Eles a chamam de Energia Escura, porque não a vêem. Ora, uma Energia infinita e regida por uma linguagem matemática é uma ENERGIA INTELIGENTE. Logo, o próprio Universo é um campo infinito de energia inteligente, mas não Consciente, pois não faz sentido a existência de um ser que não conhece sua própria dimensão, já que é infinito (pelo menos, segundo Huberto Rohden esta forma de consciência que conhecemos). Esta teoria se encaixa na filosofia taoista que diz: Tao (o Universo Imanifesto, Deus) gera Ki (uma energia secundária já pertencente ao universo relativo), pois se divide em Yang e Yin e gera tudo que existe. É daí, talvez, que surgiu a frase “Deus criou o universo” traduzindo como Tao (o Universo Infinito) criou Ki (o universo relativo), somente assim ela faz sentido.

    ResponderExcluir
  56. OS OSSOS DESSE CARA DEVE TÁ SERVINDO DE LENHA PRA QUEIMAR NO INFERNO...QUALQUER ESTUDANTE HONESTO DAS ESCRITURAS SABE QUE DEUS ODEIA O ESPIRITISMO E A IDOLATRIA.SE ALGUEM DUVIDAR LEIA EXODO 20 E DEUTERONOMIO 18 VR9 AO 14COMO EXISTE GENTE IGNORANTE

    ResponderExcluir
  57. cara no que vc acredita?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na força da gravidade, no carbono, no oxigênio, na física, química, biologia... eu poderia passar o dia todo aqui te falando coisas nas quais acredito mas entre elas não estarão as lendas tolinhas contadas na bíblia.

      Excluir
  58. umcara como vc ainda precisa de aprovação de comentarios? pelo visto so aceita comentarios de ateus...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Basta você ler os comentários dos posts para ver que aceito comentários de qualquer tipo, a aprovação prévia é apenas para evitar os idiotas fanatizados e mal educados (que, aliás, são uma minoria aqui no blog).

      Excluir
  59. Opa Lineu tudo bem ,gostei muito do seu blog e admiro pessoas que como vc lutam contra a ignorancia e os que tentam levar vantagem disso.Sou estudante de Enfermagem e estou optando por Psicologia e Parapsicologia devida a esses tantos fanaticos que na minha opinião precisam mesmo e de tratamento médico de qualidade (COISA QUE AQUELE LUNATICO DO CHICO XAVIER NÃO TEVE),mais em fim parabêns e gostaria de pedir que postase links de tais fotos de chico e seus supostos fantasmas.
    Obrigado
    SÉRGIO-me considero um PSEUDO ATEU.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sergio, obrigado pelos elogios...acho que aqui no blog você vai encontrar 3 ou 4 posts falando do Chico Xavier e as fotos dos fantasmas estão lá...

      Excluir
  60. Ateu Lineu,
    Não tenho religião. Mas li a biblia. Li para entender o que faz um livro tão inverossimel conduzir massas ainda em pleno século XXI. A Torah, o Alcorão, não pude, e não me esforcei. São também cartilhas que contam histórias inverossimeis com certeza. Alguns vão perguntar : se não leu como sabe ?
    Seria mesmo necessário ? Esse é o ponto crucial : Tem visto o que as religiões – as pessoas tem feito em nome delas ? Quantas guerras engendradas por judeus, catolicos, mulçumanos… ? escondendo suas intenções de dominios territoriais, petróleo entre outras ? deixando a fome, a desgraça como consequência de sua passagem ?
    Vejamos por exemplo a atriz Angelina Jolie, atéia, prefere ação à preces. Deveriamos contestar o resultado de suas ações ?
    No entanto caro Lineu, o Sr Chico Xavier também foi autor de inúmeras delas, e comprovadas não é mesmo ?
    Pareço paradoxal ? não, estou apenas me baseando naquilo que é real. Uma atéia e um espirita fazendo cada qual a seu modo, o BEM ao proximo. Quando fazemos o bem, enchemo-nos de uma energia sutil, leve e prazeirosa.
    O que seria essa energia sr ateu Lineu ?
    Em vêz de julgar, coisa que não é do seu direito, principalmente se compararmos as boas ações desse Sr. às suas, o Sr. deveria aproveitar o espaço do seu blog e lançar questões que estimulassem a reflexão aos seus internautas. Lançar acusações no ar apenas com provas presumíveis tira a beleza e a eficácia de um debate inteligente.
    Respeite o Sr. Chico Xavier, convide aqui as pessoas que receberam o benefício da sua bondade. Utilize sua juventude para o aprendizado, aquele que precede à reflexão desapaixonada. Ser ateu não é acusar, tal qual fazem os evangélicos que duvidando da existência de Maria, quebram sua imagem na TV, demonstrando a intolerância e a falta de respeito à crença dos outros.
    Não creio em sua virgindade nem em sua santidade (Maria) mas em não podendo prová-las, não acusaria seus defensores.
    Provas meu amigo, provas. É disso que precisamos antes de acusarmos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais uma leitora que confunde a bondade e generosidade de CX com a veracidade de seus atos.
      Sobre provas, porque não exigi-las de quem afirma ter poderes?

      Excluir
  61. Não meu querido Lineu, sou uma atéia que conhece o significado de sê-lo, o ateismo brasileiro é pueril, assim como suas acusações o são. Você reage como um menino, diante de um instrumento tecnológico.
    Não sou mais « uma », entre a minha trajetória e a sua existe uma grande distância.
    Antes que eu esqueça, o ônus da prova cabe a quem acusa. Não desvalorize a classe cientifica com seu ateismo de « papel ». Você não é ateu, é apenas arrogante, mais nada.

    ResponderExcluir
  62. É a sua opinião, eu respeito.
    Não quis soar arrogante, desculpe.
    Mas se você ler meus comentários anteriores nesse e em outros posts falando do CX verá que suas colocações já foram respondidas por mim, várias vezes até.
    Quem afirma ter superpoderes é quem deveria provar isso, é assim que eu penso.
    CX foi um bom homem, generoso e caridoso, nunca fez mal a ninguém e ajudou muita gente, acredito em tudo isso mas é importante registrar e lembrar que a fonte, a origem de tudo era uma fraude associada a um transtorno de personalidade. Esta seria, na minha opinião, a explicação mais próxima da verdade com base em tudo que li sobre ele e, claro, na mais forte convicção sobre a inexistencia de vida após a morte.

    ResponderExcluir
  63. {…Quem afirma ter superpoderes é quem deveria provar isso, é assim que eu penso…}
    Mais uma vêz você se equivoca, o que você pensa – em se tratando de direito legal, não tem valor algum. O ônus da prova cabe a quem acusa. Assim é, e espero que continue, caso contrário provocaria desvarios na sociedade. Imagine se eu criasse um blog, colocasse a tua foto e dissesse que você além de ladrão, assassinou alguém.
    O Direito não pode estabelecer seu estatuto diretivo baseando-se em suposições. Portanto, não seria você a provar que não o fêz, seria EU a provar que você fez.
    Entendeu a grande diferença ? você afirma que ele fraudou, portanto apresente provas cabais da tua acusação.
    O ateismo não se sustenta com acusações, o ateismo sequer se preocupa ou interfere com religião.
    O ateismo ocupa seu tempo buscando respostas para os fenômenos que nos trouxe até aqui, o que nos faz continuar e se vamos ver algo do outro lado ou não . Sequer temos respostas para tais acontecimentos, como podemos achincalhar CX ? que só fez o bem ?
    Porquê não pegou para vítimas esses pastores evangélicos que se aproveitam da ignorância dos pobres ? e os padres pedófilos ? Esses são « fenômenos » que podemos acusar com propriedade e provas. Essa gente sim é suja e desprovida de qualquer moralidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristina, o blog está repleto de posts sobre padres pedófilos e pastores evangélicos safados, assim como sobre farsantes da amarração do amor, curandeiros e qualquer outro tipo de explorador da fé e aproveitador da ingenuidade das pessoas.
      Sobre as provas, elas cabem ao acusador em um processo judicial, o que não é o caso de uma opinião pessoal expressa em um blog.
      Porque ao invés de se indignar com minhas opiniões você não tenta responder aos casos citados no vídeo? Ou então tente achar uma boa explicação para ele ter posado em fotos ao lado de uma conhecida farsante, Otilia Diogo, e depois ter distribuido as fotos à imprensa como prova de suas materializações? Ela foi presa dias depois em um hotel e na babagem estava a fantasia de Pluft que usou nas fotos com CX.
      O fato dele ser um homem bom deixa muita gente, como você, indignada com quem o critica mas muitas vezes as motivações de casos como o dele não são financeiras, existem outras (poder, fama, reconhecimento, etc), cada caso é um caso.
      CX não comprava aviões como os bispos evangélicos, nem emissoras de TV, fazia caridade e ajudava as pessoas, mas isso não muda o fato de que sua fama vinha de uma representação teatral fraudulenta.
      E eu não acredito que os fins justifiquem os meios, conceito defendido por muita gente, inclusive aqui.

      Excluir
    2. Caro Lineu, parabéns pelo blog e pela ousadia. Vivo nos Estados Unidos, onde o censo estima que 12% da população é de ateus, a ainda assim o assunto é tabu. Mais interessante, com 12% de ateus na população, só há cerca de 1% de ateus na população carcerária, o que por si só indica que crença em deus e respeito a leis não andam junto.
      Sobre a discussão com a Cristina, e outros posts seus, você diz que CX é um homem bom, que "não fez mal a ninguém." Me permita discordar; mentir, iludir, fraudar, se associar a malfeitores, etc, não me parece coisa de "homem de bem", e creio que enganar as pessoas para criar uma religião (mais uma) é na verdade um grande mal feito contra todos nós.

      Excluir
    3. Tem razão, esse mal ele fez sim...

      Excluir
  64. O fato de você « acreditar » ou não na bondade de CX muda o quê ? vê a tua arrogância ?
    E mais, tudo está muito centralizado no que você « acha », no que você « pensa ». Que importância tem isso para os demais ? talvez tenha ; mas para os neófitos…
    Transtôrno de personalidade ? não acha que se a metade da população carcerária tivesse esse « transtôrno de personalidade » as cadeias estariam menos populosas ? e melhorando o padrão energético ?
    Peça a um psiquiatra neutro e idôneo para explicar aqui o « transtorno da personalidade ». Você não está apto a afirmar isso. Se todo o bem feito por esse homem fosse classificado como « transtôrno de personalidade” eu consideraria você uma pessoa normal.
    Você duvida do bem que fizeram Madre Teresa de Calcutá ? Chico Xavier ? Gandi ? Dalai Lama ? O que explica a fé de fato e o que ela ocasiona ? viu o quanto de energia se desprende do coração e do cérebro (não me diga que vou ter que provar o óbvio) no momento em que enviamos energia ao outro ? Cada um dêles tinha a sua crença, credos errados ou não, eles foram pessoas do bem.
    A Terra meu amigo, é um sêr vivo (James Lovelock, biólogo inglês e cientista da NASA) somos todos energia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora você é que foi arrogante..e continua sem entender o que é um blog.



      Excluir
    2. CNCORDO COM A CRISTINA

      Excluir
    3. Cristina, creio que você se apresenta como atéia mas na verdade não o é. Porquê tanta defesa do CX? Veja meu post anterior; sobre a população carcerária... nos EUA, onde vivo, 12% da população é de ateus, e nas cadeias são só 1%. Fato. Se metade da população agisse como CX, nossa população carcerária seria infinitamente maior cheia de falsários e fraudadores. Que "padrão energético", afinal? Não vejo como um ateu pode defender que CX influencia o "padrão energético"? Gostaria de ver também onde está a evidência de "envio de energia" entre pessoas - qual é o estudo científico que pode provar sua afirmação?

      Excluir
    4. Acho que a Cristina não volta mais....postou comentários contraditórios, alguns agressivos e confusos (como é típico de quem defende idéias incoerentes) e se foi.

      Excluir
  65. Não tenho explicações a dar meu amigo, e esse não é o meu papel, foi você quem colocou sua cara pra bater, agora suporte a sua falta de estrutura e estôfo para fazê-lo.
    Opinião pessoal em público é passivel de processo. Do que acha que está isento ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Blog é um espaço pessoal utilizado justamente para divulgação de idéias.
      Pelo que exatamente eu seria processado, por ter uma opinião diferente da sua?
      Se eu publicasse um anuncio em um jornal atacando o CX eu com certeza poderia ser processado por seus herdeiros ou familiares, mas processar alguém que emite uma opinião em seu blog seria censura.
      Veja o que diz o wikipedia sobre liberdade de expressão:
      "Liberdade de expressão é o direito de manifestar livremente opiniões, ideias e pensamentos. É um conceito basilar nas democracias modernas nas quais a censura não tem respaldo moral."
      Lembre-se, foi você que entrou no blog, se não concorda com o que leu basta não entrar mais, o leitor tem nas mãos a condenação definitiva, não precisa da justiça para isso.

      Excluir
  66. Não estaria você também em busca da fama ?
    Veja, não tenho religião como disse no meu primeiro post aqui, mas não posso me furtar a dizer que você está usando a “jugular” errada.
    Esse é um canal que pode e deve ser bem aproveitado em busca do esclarecimento de pessoas encegueiradas por livros RE escritos (Segundo dizem) pelos humanos.
    Veja, também não sei se foram RE escritos !
    Amigo, só sei que nada sei. Apenas « parei » nesse blog em busca de algo consistente. Não posso negar a tua elegância diante dos convidados e intrusos (como eu). Mas essa aqui não é a minha « praia ».
    Busco aprender em vêz de acusar o que não entendo…ainda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fama, nem pensar...meu objetivo é apenas o de debater e divulgar o ateismo, uma forma diferente de pensar e encarar a vida, além de combater picaretagens que exploram a ingenuidade e a fragilidade emocional das pessoas. Não sou filósofo, escritor, físico, nada disso, apenas um cidadão comum.

      Excluir
  67. Caro Lineu, veja como deturpa as coisas... Não seria processado por ter uma opinião diferente da minha, longe disso. Vejamos, suas acusações sem provas agora viraram opiniões pessoais. Bela forma de escapar da espada que empunhou.
    De certo não voltarei ao teu blog, não se preocupe.
    Para mim, mas importante do que crença ou não crença é a conduta, é ela que diz o valor do sêr humano.
    Forte abraço e boa sorte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristina, desculpe, você parece não compreender o que seja um blog, um espaço pessoal, individual onde, graças à liberdade de expressão, qualquer pessoa pode emitir suas opiniões, que é o que eu faço aqui.

      Excluir
  68. Ao leitor anônimo que está tentando postar comentários agressivos e primitivos lembro que o blog é muito democrático e publica críticas, opiniões contrárias e pontos de vista de qualquer tipo (como pode ser verificado nesse mesmo post). Mas é preciso ter educação e bom senso, caso contrário os comentários não serão autorizados.

    ResponderExcluir
  69. O ateísmo existe para lembrar do cristianismo! É terceirizado. Se não existisse religião, o que seria dos ateus?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pergunta bem fácil de responder: se não existisse religião... todos seriam ateus !

      Excluir
    2. Por que me, um ateu até o presente momento não fala nem falou de umbamda e camdonblé,niguém comenta a hipinose dessas religiões,por favor Lineu faça um video falando sobre essas religiões de matrizes africanas,eu já li a história da Umbamda,pois se não é a única é uma das mais genuinas do brasil,por favor me manda um e-mail no seguinte endereço ivan.grl@hotmail.com

      Excluir
    3. Quando a gente acha que já viu tudo!

      Excluir
  70. Estes vídeos do coldmaster1 são muito interessantes. Mas uma informação interessante para adicionar sobre o Chico Xavier é a referência completa de uma das asneiras que falou ou fez. Aqui está:: na folha 119 do livro cartas de uma morta( http://livrosdechicoxavier.blogspot.com.br/2010/08/download-livro-cartas-de-uma-morta.html) ele usa as seguintes palavras para falar sobre marte:: ""...A VIDA DA HUMANIDADE MARCIANA É MAIS AÉREA. PODEROSAS MÁQUINAS, MUITÍSSIMO CURIOSAS NA SUA ESTRUTURA, CRUZAVAM OS ARES, EM TODAS AS DIREÇÕES. VI OCEANOS.."" Como a NASA já no permite ver marta então vejam que civilização avançada(http://oglobo.globo.com/blogs/pagenotfound/posts/2012/08/08/as-incriveis-imagens-de-marte-que-nasa-nao-liberou-459282.as) e notem para a grande sacada http://oglobo.globo.com/blogs/arquivos_upload/2012/08/102_848-alt-blog-marte-02.jpg -- claro, que não descartando que possam estar fazendo isto:: http://www.morrequepassa.com.br/media/i/galeria/311836441591629211598792634913n.jpeg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por acaso, você estudou a fundo toda a doutrina espírita? Ou, ao menos, chegou a ler um só livro espírita até o fim? Você possui conhecimento para poder falar alguma coisa sobre? Você já ouviu falar do Livro dos Espíritos? Você sabe o que significa a palavra 'etéreo'?

      Excluir
  71. Realmente, existem acontecimentos que podem ser explicados de inúmeras maneiras, seja por falta de detalhes ou entendimento dúbio. Acredito que cada um deve procurar a sua própria verdade, porém devo ressaltar os comentários do usuário Nestor anteriormente, que retratam: EXPERIÊNCIAS PRÓPRIAS.

    Qualquer pessoa pode dizer que as experiências sobrenaturais podem ser explicadas pela fragilidade emocional de cada um, transtorno mental ou ignorância/ingenuidade de outra pessoa. O fato é que para aquela pessoa não existe dúvida de que foi real. O que quero dizer é que o Espiritualismo (diferente de Espiritismo) é algo que cada um deve descobrir, ou não, pelas suas próprias experiencias.

    Só um ultimo adendo: os transtornos mentais que tanto são citados, como foram classificados/descobertos? A partir de uma metodologia científica, emitindo um hipótese e comprovando a partir de vários casos semelhantes. O fato é que tais hipóteses foram desenvolvidas a partir da realidade que os cientistas/médicos conheciam e acreditavam. A dúvida que coloco no ar é se ao expandir o universo de possibilidades não existiriam outras hipóteses (incabíveis) que também se comprovariam da mesma maneira.

    ResponderExcluir
  72. Sequer vemos o oxigênio; todavia, o respiramos. As cores, tecnicamente, não existem; a luz faz com que enxerguemos isto ou aquilo. Para construir algo, faz-se necessário material apropriado, pois não criamos nada. Se desejamos conversar à respeito de tal assunto, necessitamos o conhecimento para contextualizar pensamentos. Lembremos que se possuimos somente o 'martelo', todo problema será visto como 'prego'. Pseudo-conhecimento é confusão e um passo ao aprendizado; porém, não nos percamos nele.

    ResponderExcluir
  73. É necessário estudar a fundo sobre determindado assunto para não confundir os menos esclarecidos. As Ciências possuem seus embasamentos; o Direito conta, além dos costumes sociais, a Jurisprudência. É certo que a confusão faz parte do bom aprendizado, sobretudo do autodidatismo, porém, como já disse, não nos percamos nisso. E, se desejamos derrubar algum fato ou simples notícia, devemos apresentar provas contundentes para que nossos comentários não passem de leviandade pueril; uma vergonha desnecessária.

    ResponderExcluir
  74. A parábola do 'martelo' é uma das minhas preferidas. Explicarei melhor a seguir. Há fábricas de produtos feitos do alumínio. É sabido, pela Ciência médica, que o alumínio é responsável, a longo prazo, por uma série de doenças como Mal de Alzheimer e de Parkinson, trombose, fibrose pulmonar, entre outras tantas. As indústrias, suas associações e afins, dizem que não é verdade; o alumínio seria inofensivo. Ora, concluo que se é o alumínio seu único produto ... Raciocinemos, pois.

    ResponderExcluir
  75. E, finalizo, desafiando-o. Você, pseudo-intelectual, nos apresente PROVAS da inexistência do ar. PROVE. Nós não precisamos lhe provar nada; apenas leia, estude e pense à respeito, para que tenha condições REAIS de diálogo; como já escrevi, antes. PROVE.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O ônus da prova cabe, sempre, a quem afirma algo e não a quem contesta.
      Quem afirma, pois, que deus existe, deveria prova-lo já que todas as evidências indicam o contrário.
      A comparação com o ar é ridícula: tire o ar e o ser humano morre.
      Tire a idéia de deus da sua frente e...nada acontece.

      Excluir
    2. Onde estaria escrito essa máxima? Palavras apenas significam algo desde que seja conveniente. Palavras não são mais que palavras. O nada a que se refere é porque não vê, como o ar? Se você realmente possui esse tal 'conhecimento', não deveria esquivar-se tão rapidamente assim. Esqueça a 'muleta' de que falou antes e caia de cabeça nesta discussão. PROVE. Gosta de polêmica, é evidente. Aproveite seus bits de fama e tente provar, ao menos. Começe, pois: como você nasceu. Sim, não lhe pergunto à toa e, tão pouco quero 'armá-lo'. Compreenderá logo mais adiante, quando não houver mais argumentos. Repito: como você nasceu?

      Excluir
    3. Eu nasci a partir de uma relação sexual dos meus pais, como você e todo o resto da humanidade.
      Não é possível provar uma ausência, uma inexistência (a parábola do bule voador é uma divertida referência a essa questão) mas é sempre mais fácil comprovar uma existência, a ciência faz isso toda hora. Mas os religiosos não conseguem fazer o mesmo em relação às suas divindades,a conversa sempre acaba em "questão de fé".
      Quais são meus bits de fama?

      Excluir
  76. Jovem. Não dê por encerrado sua explicação à pergunta que lhe fiz. Noto que seu conhecimento é tão grande quanto o número de páginas de livros que deve ter lido ou assimilado. Lembremos da minha parábola: se você possui somente o 'martelo' (ciência humana), toda equação parecerá um 'prego'; conclusões levianas feitas, por exemplo, o físico teórico Stephen Hawking. Lembro que em uma de suas teorias, ele – apenas ele – concluiu que Deus nunca existiu. Segundo Stephen, baseado em suposições teóricas, o buraco negro faz parar o tempo. Ora, como o tempo não existiria em um buraco negro, e como teria havido um buraco negro antes mesmo do Big Bang, não poderia haver nada mais além disso; absolutamente nada. Logo, concluiu que Deus não existe. Mesma puerilidade em que, se pudermos lembrar, na época em que era impossível viajar ao redor do mundo em poucos dias; ao contrário de meses e meses, de navio. Era impossível. Ou, ainda, quando todos acreditavam ser a Terra completamente achatada; hoje, um grande absurdo, motivo de chacota. Perceba que se você possui um microscópio barato, para simples colegiais, verá nada mais o que as lentes possam interpretar. Mas, com os máximos recursos da tecnologia digital, podemos ver além do Cosmo, porém não mais que isso. Todavia, não poderemos ver Deus. Isso, pelo simples fato de não sermos tão puros – ou mais avançados que as pobres lentes de um Hubble – quanto Ele, Deus. Lembremos que Deus não é algo que possa ser visto ou vislumbrado. Se o fosse: teria sido criado por algo superior a Ele; logo, não seria Deus. Somente os espíritos puros podem compreendê-Lo. Discuto com você, mesmo não o conhecendo, por não achar justo que se engane ou provoque, mesmo que sem a intenção, confusão em pessoas menos esclarecidas. Atente para o fato – sim, fato, pois o espiritismo propriamente dito é uma doutrina embasada no Evangelho de Jesus, o Cristo, além de Filosofia e da Ciência; pois, a ciência o estudou a fundo por décadas e décadas. Nada mais precisa ser provado, lembre-se, pois. Nada. Há charlatães, enganadores e enganados; sim. Todavia, há a verdade que encontra sempre os bons espíritos, estejam encarnados ou não, que empregam seus dons em benefício ao próximo somente por amor. E, evite falar 'religião', pois o espiritismo propriamente dito, codificado por Allan Kardec, NÃO é religião. Estudemos, pois.
    – Esqueçamos os 'bits'; são somente seus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ...mais um religioso cagador de regra que acha que o que acredita é lei...
      Confesso que as vezes dá um pouco de preguiça.
      Posso ter lido menos páginas do que você consideraria ideal mas pelo menos não fico lendo sempre as mesmas, como fazem com a biblia os fanatizados como você.
      Ao chamar Stephen Hawking de leviano e ficar aqui gastando tinta para defender a fraude espírita você já dá uma boa noção de quem é.
      Não venha me falar de evangelho, a biblia não passa de um amontoado de lendas e tradições orais de povos da idade do bronze, nada além disso. Traduzida, cortada, enxertada, adaptada e fraudada ao longo de milhares de anos por pessoas interessadas em embasar movimentos religiosos.
      Saia dessa caixa preta, leia coisas e idéias novas, pense (se ainda for possível) e voce vai ver que absolutamente nada do que voce defende é baseado em observação ou comprovação cientifica mas sim em proselitismo e fanatismo ignobil.
      Olha, não sei se você reparou, mas o blog está inativo, se quiser prosseguir sugiro me encontrar no Facebook, a dinâmica dos debates lá é bem melhor.
      abraço,
      Lineu.

      Excluir
  77. Lineu, parabéns pela sua paciencia em responder a tantas bobagens, gostei do seu blog, sou ateu, mas não tenho o seu desprendimento em responder com tanta coerência a colocações, no mínimo, carentes de realidade e pesquisa. A gente ve e ouve cada uma. Apenas levo minha vida sempre procurando trazer o bem para as pessoas a minha volta, mas não estou disposto a discutir com pessoas que são inabaláveis nas suas crenças, por mais ridículas que sejam. Força e boa sorte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço pelos elogios...acabei cansando um pouco também, observe que parei o blog e hoje posto apenas no facebook. O blog me deu muitas alegrias, em especial quando pessoas entravam aqui para dizer que tinham virado ateistas depois de ler os posts do Lineu, na época (iniciei em 2008) não havia muito material sobre o tema, hoje são muitos blogs, sites e páginas, considero minha missão feita, já posso ir para o céu.

      Excluir