quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Lógica religiosa.




Esse cartum genial descreve bem a forma de raciocinar dos religiosos.
Tradução livre:

TENHA UMA IDÉIA
IGNORE EVIDENCIAS QUE A CONTRADIGAM
MANTENHA SUA IDÉIA PARA SEMPRE

13 comentários:

  1. Cosmas Indicopleustes20 de outubro de 2011 21:09

    Ó Lineu, mas isso não é religioso. É qualquer pessoa acomodada. Ser religioso ou não, é acidental.

    ResponderExcluir
  2. Cosmas, é verdade... mas a definição se encaixa como uma luva nos religiosos. Pense nos criacionistas, por exemplo....

    ResponderExcluir
  3. "Creio em um Big Bang pai, todo poderoso, criador do céu e da Terra."

    "Creio no oxigênio, no hidrogênio e em diversas outras coisas reais e comprováveis. E você?"

    Aí está: você crê. A questão é: em que você crê?

    Continua sendo a história de alguém defender algo que não viu, não tem como provar e acha que é suficiente ter pessoas "confiáveis" dando testemunho.

    Você não viu e nunca vai ver um elétron, próton ou molécula.

    A elite de sua sociedade prega uma "realidade", a qual você absorve, sendo doutrinado desde tenra idade em aulas intermináveis de 'mágica', química, física e biologia, que te dão todo o tipo de "provas" e usos práticos.

    Se deslocar do senso comum e ser um livre pensador, buscando a verdade, qualquer que seja ela, sem preconceitos que alejam é uma tarefa para poucos os felizes com a certeza da incerteza.

    O limite entre o que é invisível e você acredita é o que a sociedade disse ser possível.

    Na verdade você já está satisfeito com o "status quo" e qualquer idéia diferente o agride.

    Esse é o perfil psicológico da maioria dos ateus e/ou cientificistas.

    Lembro que a ciência dizia impossível as teorias de Einstein, antes de aceitá-las completamente décadas além. E que Einstein rejeitou a teoria quântica. E que os físicos atuais rejeitam a teoria das cordas.

    A história comprova que tudo que acreditamos estar certo e estável se provará errôneo em maios ou menos 100 anos.

    A certeza é para os tolos, sejam eles religiosos ou ateus.

    Resolvi te escrever porque gostei da sua coragem de pregar o que você ACREDITA e porque o considerei muito espirituoso. Sem que tente te convencer de nada e não querendo que você também o tente comigo, acho que poderíamos trocar ideias.

    Abraços fraternos, EM_GC

    ResponderExcluir
  4. EMGC,
    Acho que temos mais concordâncias que discordâncias.
    Sobre crer, a idéia contida nesse verbo não é exclusividade do mundo religioso, eu realmente creio em muitas coisas que nada tem a ver com espiritualidade. E, claro, quando digo "creio no oxigênio" é pura gozação, a ciência já me provou suficientemente que o oxigênio existe, não preciso mais crer. Aliás, nem ver, o oxigênio deixa bem claro qual a sua função na nossa vida e ela é facilmente testável, com resultados previsíveis e imutáveis.
    Já sobre a existência ou não de um deus... será sempre a tal da fé, você crê ou não.
    Nenhum experimento cientifico funciona, deus até hoje foi algo em que você acredita ou não, tem ou não tem a tal da fé.
    Para mim, a lógica grita que não existe, não pode existir, está na cara que não existe... mas o ser humano não é regido só pela lógica e a historia contada nas lendas religiosas oferece sentido, rumo e objetivo às pessoas e é, por isso, a opção vencedora.
    Se a lenda é mais interessante e oferece melhor perspectiva porque não segui-la?
    Diga à uma pessoa o que ela quer ouvir e você terá uma chance bem maior dela relevar a improbabilidade daquilo ser verídico.
    Sobre a ciência, concordamos e eu escrevo isso aqui no blog muitas vezes: a verdade de hoje pode ser a mentira de amanhã, a ciência é evolutiva e o que ela não sabe é sempre seu maior desafio. O exemplo mais freqüente aqui é perguntarem quem então criou o big bang e toda a matéria que ele espalhou e eu digo que a resposta da ciência é um sonoro “não sei”.
    Os religiosos cegamente vêem nisso uma fraqueza mas é o contrário, fraco é aquele que aceita uma coleção de regras e lendas sem qualquer comprovação e totalmente superadas pela evolução da humanidade e faz disso o guia de sua vida, sem qualquer questionamento e contra todas as evidências (um bom exemplo são os comentários deixados aqui por criacionistas).
    Obrigado pelo seu comentário, volte sempre, o melhor de tudo aqui é o debate...

    ResponderExcluir
  5. Lógica atéia :

    SE NÃO POSSO VER DEUS, LOGO ELE NÃO EXISTE
    IGNORE AS EVIDÊNCIAS QUE CONTRADIGAM ISTO
    MANTENHA SUA IDÉIA PARA TODO O SEMPRE

    AMÉM !!

    ResponderExcluir
  6. De onde você tirou que a conclusão de que deus nao existe vem de não o vermos?
    Sobre ignorar evidências...bem, essa é sua especialidade, basta ver seus comentários sobre a evolução, a idade da Terra e etc.

    ResponderExcluir
  7. A Idade da Terra de novo, Lineu ?? Não acredito...

    ResponderExcluir
  8. Fernando, é que é um exemplo delicioso... não há a mais remota chance daquelas suas explicações fantasiosas terem sequer o,5% de verdade, nem perca seu tempo repetindo.... feita pelo seu ser mágico em 6 dias ou não, isso foi há 4,6 bilhões de anos, concorde com isso seu livrinho ou não. Sabe, Dawkins tem uma filosofia, debate qualquer coisa... menos com criacionistas, por considerar pura perda de tempo... e eu hoje entendo porque.

    ResponderExcluir
  9. Você não entendeu, Lineu, definitivamente você não entendeu. Eu acredito mesmo que a Terra tenha 4,6 bilhões de anos... o resto você já sabe, pois já te falei mais de mil vezes.

    Bom, se eu errei na "lógica atéia", então me prove, por favor, que Deus não existe. Estou aguardando.

    ResponderExcluir
  10. Que eu saiba provar a existência ou não de deus ainda não foi possível, nem para mim, nem para você e nem ninguém, não fosse assim não estaríamos aqui debatendo.... não se trata de provar, trata-se de crer ou não... eu que sigo a lógica da ciência, não creio, você como teísta, crê.
    Mas por mais que voces vejam deus na beleza do por do sol... ninguém pode provar nada.
    Sobre a idade da terra, suas incoerências são divertidas as vezes... eu entendi sim, voce acha que o ser mágico fez a Terra há 4,6 bilhões de anos. O problema é que seu livrinho mágico conta outra estória e voce já deixou bem claro aqui muitas vezes que o texto é sagrado e infalível.
    Que tal orar um pouco para Nossa Senhora da Coerência?

    ResponderExcluir
  11. Nossa Senhora da coerência ??? Que tal você me explicar (o que até hoje não conseguiu), porque o material envolvido na "pintura" da imagem de Nossa Senhora de Guadalupe não pertence a nenhum elemento químico conhecidoa face da Terra.

    A Bíblia jamais afirma a idade da Terra. Me prove o contrário !
    "Que eu saiba, provar a existência ou não de Deus ainda não foi possível..." Diz você.
    Você acaba de passar um atestado dizendo: EU SOU ATEU NÃO SEI POR QUÊ !!
    Mais uma coisa : Me responda sobre a probabilidade (ZERO) de o universo ter surgido do acaso. Lembra ? Você disse que ia responder com calma, mas até agora... nem com calma, nem com pressa ...
    Lineu, me poupe dessas baboseiras travestidas de ciência !

    ResponderExcluir
  12. Ah, Fernando, vai fugir da raia agora...? Que conversa é essa sobre a bíblia não falar a idade da terra, nesse caso de onde vêm os tais 4 mil anos que voce tanto defende, mesmo contra todas as evidências? O livrinho mágico pode não afirmar isso diretamente mas as contas feitas sobre a genealogia "sagrada" (haha) indicam essa idade... ou não?

    ResponderExcluir
  13. Imagem da n.s. de guadelupe com minerais et´s? De onde voce tirou essa bobagem? Corra avisar a Nasa, a JPL, Harvard, Cambridge e toda a comunidade científica do planeta, eles não sabem dessa novidade incrível!!

    ResponderExcluir