segunda-feira, 24 de setembro de 2012

A galinha pecadora.



Em ritual que precede o Yom Kippur, celebrado amanhã, judeu ortodoxo segura ave sobre sua família, em Jerusalém; na simbologia judaica, os pecados cometidos no último ano são transferidos para a ave, que depois é sacrificada.

(FSP-24/09/12)


======================================


Claro, faz o maior sentido...adoro a lógica e o bom senso dos dogmas religiosos...em pleno 2012 ainda vemos religiosos primitivamente sacrificando animais para que seus pecados sejam perdoados. Eu fico aqui pensando porque diabos (ops!) esse deus se interessaria tanto por galinhas mortas após serem sacudidas sobre a cabeça dos pecadores a ponto de perdoar pecados em troca delas!

18 comentários:

  1. Sacrificio de animais? É bom perceber o quanto evoluímos desde a idade média!

    ResponderExcluir
  2. Desculpe Lineu, tento sempre escrever coisas para acrescentar ao assunto, mas dessa vez...
    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...
    Que método mais patético para poder fazer besteiras e se sentir bem depois com sua "divindade", é lamentável essas atitudes.
    Ao invés de não pecar a regra é: pode pecar que depois transferimos seus pecados para essa galinha que nada tem a ver com eles, e ela que MORRE no seu lugar... é muita vontade de pecar.

    ResponderExcluir
  3. HAHAHAHAHA!! Gente, imagino nossos descendentes daqui algumas centenas de anos lendo isto e se rachando de rir!kkkkkk.....irônico é que quem paga o "pato" pelos pecados dos outros é a pobre da galinha!kkkk......no mínimo rídículo!

    ResponderExcluir

  4. Em ritual que precede o Yom Kippur, celebrado amanhã, judeu ortodoxo segura ave sobre sua família, em Jerusalém; na simbologia judaica, os pecados cometidos no último ano são transferidos para a ave, que depois é sacrificada.
    É por isso que chegam milhares de galinhas todos os dias em gerusalem, para transferirem o PECADO DE TER MATADO PALESTINOS para as pobres galinhas, são ridiculos, pateticos, assacinos e carlhordas .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo contigo! "" ridículos, patéticos, assassinos e calhordas ""

      Excluir
    2. não é a toa que o deus judaico - cristão desprezou o altar de caim que era feito de frutas e flores, e ""A M O U"" o altar de abel que tinha muitos animais sacrificados ao deus bondoso.

      Excluir
  5. Os nossos queridos irmãos judeus, infelizmente, não aceitaram e ainda não aceitam Jesus Cristo, por isso continuam com essas práticas antigas e desnecessárias. O Apóstolo Paulo, naquela época, já combatia essa prática.

    ResponderExcluir
  6. Ao redor do mundo há dezenas, centenas de lugares onde práticas de auto flagelo são comuns, incluindo crucificações, chicoteamentos, etc. Tudo feito por gente que "aceitou" Jesus...

    ResponderExcluir
  7. Os nossos queridos irmãos judeus, infelizmente, não aceitaram e ainda não aceitam Jesus Cristo, por isso continuam com essas "práticas antigas e desnecessárias."

    Ouvindo isto de um cristão chega a ser cômico pra não dizer estranho...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcão, eu acho hilário...todas as religiões abramicas são ridiculamente primitivas, seus dogmas e costumes são neoliticos e o Fernando vem com esse papinho...é o de sempre, minha religião está certa e as outras são crendices.

      Excluir
  8. A cada dia que passa me convenço mais de que os ateus estão mais do que mal representados.
    Falo isso como ateu convicto. Todo o discurso presente no seu blog nada tem a acrescentar ao cientificismo, é só uma provocação tola e infantil àqueles que por contingências históricas e condicionamentos temporais acreditam em alguma forma de divindade. Tente representar a si mesmo e não empunhar a bandeira de um discurso que você, pela pobreza de argumentos e ideias apresentadas aqui, não domina. Espero que amadureça suas ideias.
    Abraços de quem, assim como você, não consegue conceber uma "força maior", a não ser a gravidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, seu comentário faria sentido caso o objetivo do blog fosse, como você diz, "acrescentar algo ao cientificismo".
      Mas não é.
      Não sou cientista, nem filosofo, sou um cidadão comum, não tenho como objetivo outra coisa senão abrir um pouco os olhos das pessoas para outras formas de interpretar a vida que não a dogmática e falsa visão religiosa.
      Debato aqui com pessoas que acreditam em primariedades, em cobrinhas falantes e na força mágica de um livro de fábulas e sou amplamente recompensado quando leio comentários - muito comuns aqui - de pessoas que declaram terem se descoberto ateistas após lerem os posts do Lineu.
      Os debates em maior profundidade filosófica são importantes, uteis, fundamentais, mas não são o objetivo desse blog, eu os deixo para gente mais capacitada que eu.
      Eu não empunho bandeiras, não fundei nenhuma liga ateista nem busco seguidores mas nem por isso concordo que os argumentos sejam pobres, pelo contrário, há de tudo: links, idéias, textos de escritores importantes, piadas, cartoons, etc.
      Obrigado pela visita e pelas críticas, são sempre bem vindas.
      abraço,

      Excluir
    2. O comentário deste "anônimo" é no mínimo desnecessário, se não têm algo a acrescentar aos comentários ou ao blog é melhor ficar quieto do que tentar bancar o "filósofo", procure um site ou blog com um conteúdo mais filosófico ou científico, como bem disse o Lineu este blog é feito por pessoas "comuns" para pessoas comuns. Acho sim que os comentários e o conteúdo do blog são de um contexto simples mas muito objetivo, e os comentários nem um pouco "pobre" em argumentos. Parabéns pela resposta objetiva e serena Lineu, e sr. anônimo, ou vc é um crentelho disfarçado de ateu só para encher o saco do autor do blog ou é uma daquelas pessoas que se acham muito inteligentes e por às vezes serem, se acham superiores ou melhores que o restante dos indivíduos normais da sociedade em que convive. Acredito que este senhor seja um crentelho disfarçado de anônimo pois se fosse realmente um ateu iria no mínimo acrescentar comentários, matérias ou links interessantes.

      Excluir
  9. Este comentario é quase o mesmo daquele jornalista que disse que os ateus tinham que fundar uma religião - Neo ateuísmo

    ResponderExcluir
  10. credo! que chato! que coisa de c.d.f.! "" o meu ateísmo é melhor e mais culto que o seu. ""
    parecendo coisa de religiosos como já escreveu o lineu, " o meu deus é melhor do que o seu ".
    mas vamos ficar no aguardo, um blog de ateu que mereça ser lido, posto na internet pelo Anônimo.

    ResponderExcluir
  11. Lineu, parabéns pelo seu blog. acompanho ele desde junho desse ano.

    ResponderExcluir
  12. Como sempre a religiao do Fernando e a melhor...
    E a unica que tem a verdade ...
    Esta sempre certa...
    Isso sim e o cristianismo.
    Ainda jogarao avioes em predios.

    ResponderExcluir