segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Poeminha ateu que recebi aqui no blog:

Esse não é do Lineu, é do Perce... que visitou o site e deixou aqui um poeminha
ateu para nossa pequena coleção:


Rezam os jogadores, abraçados em comunhão:
antes do jogo (que lindo!), momento de iluminação.
Mas ganha quem chutar dentro, sem dó nem coração.
Ou todo joga empataria, para nossa frustração.


Os poeminhas ateus não tem, claro, nenhuma pretensão literária... são apenas pequenas gozações, cutucadinhas nos religiosos sobre a precária lógica dos dogmas por eles seguidos...
Enquanto eles rezam... a gente se diverte.

3 comentários:

  1. Essas crenças se apresentam sob delírios inacessíveis à crítica lógica. Se contradizem à realidade. Exercem um domínio extraordinário e seu poder assume um status de verdade histórica. E seguem os fiéis dizendo: na bíblia está escrito...

    ResponderExcluir
  2. A crença é o pensamento de joelhos.

    ResponderExcluir
  3. A crença é o pensamento de joelhos.

    ResponderExcluir