terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Criacionismo.


De uns tempos para cá alguns leitores criacionistas tem visitado esse blog deixando comentários que, para mim, são surpreendentes.
Só relembrando, para eles tudo aconteceu rigorosamente como descrito pela bíblia. Ou seja, deus criando tudo em 6 dias, paraíso, fruto do pecado, Adão e Eva, Noé e tudo mais.
Por uma questão de coerência – mas não sem algum embaraço - são obrigados a defender também que tudo isso aconteceu há menos de 10.000 anos, pois é o que diz o livro “sagrado”.
Para um criacionista a arqueologia, mineralogia, química, física, paleontologia – só para citar alguns – estão profundamente erradas em seus conceitos mais elementares.
E não estamos falando de um errinho qualquer já que, para a ciência nosso planeta surgiu há 4,6 bilhões de anos.
Mas como se sabe a idade da Terra?
Sabe-se que os isótopos - átomos com o mesmo número atômico e diferentes números de massa - de uma série de elementos químicos, como o urânio, se decompõem e produzem outras substâncias pela emissão de partículas ou radiações.
O tempo necessário à decomposição de metade da massa radioativa desses elementos é chamada meia-vida. Conhecendo as quantidades dos elementos radioativos e do material deles derivados, calcula-se a idade de um mineral, método conhecido por datação radiativa.
Assim, a idade da Terra - aproximadamente 4,56 bilhões de anos - foi determinada a partir da relação entre dois isótopos de chumbo formados pela decomposição de isótopos de urânio.
Isso não é crendice, especulação ou uma teoria, isso é ciência, a mesma que enviou homens a lua, jipinhos a Marte e que vasculha nosso corpo através de sofisticados exames médicos como tomografias, ultrasons, radiografias.
Criacionistas não deviam usar celular e nem navegar na internet pois segundo eles essas maravilhas foram inventadas por cientistas burros e incompetentes. Nem deveriam andar de avião, ser operados em hospitais modernos ou sequer andar de carro.
Como os cientistas poderiam estar tão errados se usando os princípios científicos que defendem conseguem proezas como essas? Como a Nasa consegue examinar a composição de uma rocha em Marte com cientistas tão errados?
Dinosauros, eras geológicas, formação do petróleo? Tudo em 10 mil anos.
Homem, da caverna à estação espacial? Adivinhem, 10 mil anos.
Um dos leitores postou aqui uma defesa dos métodos “não radiométricos” através dos quais ficaria cientificamente comprovada a juventude da Terra. Ele só se esqueceu de citar quem são os cientistas que usam esses métodos, pois seus colegas da Nasa e das universidades, laboratórios e comunidades cientificas do mundo todo pensam diferente.
Os seguidores fiéis da bíblia só teriam uma saída para defender a infalibilidade absoluta dos textos “sagrados” que é afirmar que são de uma outra época, outros estilos, que ela foi escrita de forma alegórica e figurativa e não pode ser levada ao pé da letra. É uma boa resposta, já tivemos leitores aqui que escaparam por aí.
Há outros, um pouco mais ridículos, que escrevem que na verdade um dia terrestre corresponde a mil dias de deus. Sem comentários.
Sobre a historia contada pela bíblia a explicação real é a de que foi escrita por peregrinos do deserto há milhares de anos, sendo depois traduzida, adaptada, traduzida novamente, cortada, editada e formatada até que cumprisse o seu papel como base de uma religião.
Um outro leitor escreveu que “(...) há muitos cientistas não criacionistas que sabem que a teoria da evolução, tal como proposta por Dawkins ou Harris, é um total absurdo.
Répteis não evoluem para pássaros, Lineu. Que ideia mais ridícula.”
Este tipo de pensamento deveria ter ficado lá pelo século 19 mas segue firme e forte em pleno século 21. (Aliás, repteis realmente não evoluem para pássaros mas ambos tem antepassados comuns.)
Não há qualquer fundamento cientifico na bíblia e suas lendas primitivas já foram desmontadas pela ciência séria.
O criacionismo é primitivo, ilógico, obscuro e indefensável e seus seguidores me fazem lembrar aquelas pessoas que insistem em afirmar que o homem jamais foi à lua e que tudo não passa de uma encenação da Nasa.
Dá até preguiça...

38 comentários:

  1. Os criacionistas são a prova que o evolucionismo não existe! Abração, gostei muito do blog.

    ResponderExcluir
  2. Mauro, é isso mesmo... boa essa. Quando eu debato com um criacionista me sinto na idade média tentando escapar da fogueira!

    ResponderExcluir
  3. Eu li, recomendo aos leitores interessados que leiam também, observem quantas voltas os criacionistas tem que dar para justificar suas crenças.... quanto à ciência, eles crêem nela mas de forma seletiva: se contrariar a bíblia, é falsa, caso contrário, verdadeira. É sempre bom debater, especialmente em bom nível. Mas Mats, me perdoe, eu continuo achando o criacionismo primitivo.

    ResponderExcluir
  4. Lineu,
    observem quantas voltas os criacionistas tem que dar para justificar suas crenças....

    Não são precisos "voltas" para se fazer a leitura correcta dos dados. AS voltas são os evolucionistas que as dão. O ateu Francis Crick adverte os outros evolucionistas para não se esquecerem que o que observam na biologia não foi criado mas evoluiu. Ou seja, não acreditas no que os teus olhos vêem.

    quanto à ciência, eles crêem nela mas de forma seletiva: se contrariar a bíblia, é falsa, caso contrário, verdadeira.

    Tu fazes o mesmo em relação ao naturalismo/Ateísmo/evolucionismo: se contradir um dos 3, não é ciência. Se confirma os 3 ou um deles, então é "ciência".

    Mas Mats, me perdoe, eu continuo achando o criacionismo primitivo.


    Não há nada de "primitivo" na verdade. A verdade é sempre actual e contemporânea.

    ResponderExcluir
  5. Mats, não existem várias ciências, só uma. A física, a química,a biologia independem de credo, cor, raça, seus paradigmas são sempre os mesmos. Eu não faço a mesma coisa que voce não, quem diz que a Terra é velha não são os ateus e sim cientistas. A afirmação deles não se baseia em fé nem em livros "sagrados" e sim em experiências científicamente controladas. Eu acredito naquilo que a ciência prova e se um dia ficar provada a existencia de deus eu viro teísta na hora. Você é o contrário disso: não importam as evidencias cientificas, só o que importa é o que diz a biblia. Olha, eu até respeito, mas debater criacionismo é uma perda de tempo, é tudo tão primario...pelas contas de vocêspodemos dizer que os egipcios enfrentaram dinossauros, quem sabe não os utilizaram para carregar as pedras.

    ResponderExcluir
  6. Lineu :

    Há apenas um ponto que vejo positivo no CTJ. A ciência dos séculos XX e XXI torna-se extremamente complexa e começa a ser difícil de entender por grande número de pessoas.

    Conceitos como os da T.E., relatividade, Mecanica quântica, astro-física, etc e etc precisam dum conjunto de conhecimentos prévios consideráveis.

    Uma fatia significativa das pessoas não consegue ler os Maias quanto mais a origem das espécies.

    No entanto tem direito a uma explicação como surgiu a vida, porque há "ossos" de dinossaurios, etc.

    Conceitos complicados como a TE, um universo com quatorze mil milhões de anos (como se contavam se ainda não havia sol? ), buracos negros e tempo relativo estão muito para além da compreensão de muita gente.

    Explicações simples como a narrativa do Génesis satisfazem a curiosidade intelectual.

    Mau é quando querem passar isso para escolas ou universidades.

    Parece-me que o risco é pequeno.

    Repara que respostas tipo preto e branco são muito mais fáceis de passar e dão um grande grau de satisfação.

    ResponderExcluir
  7. Pois é, Souza... mas triste mesmo é ver pessoas cultas, inteligentes (veja o Mats aí acima) fechando os olhos para a ciência por acreditarem que o que está na bíblia é sagrado, mesmo contra as mais escancaradas evidências. Observe a pergunta que farei a ele em seguida e veja o nó que ele vai ter que desatar.

    ResponderExcluir
  8. Mats, o papa declarou que deus é o responsável pelo big bang. Mas a sua bíblia "sagrada" não fala nada de big bang, diz que o bom deus velhinho de barbas brancas criou tudo em 6 dias e depois foi descansar (porque um deus precisaria de descanso??). Como você explica isso, quem está errado: a bíblia ou o papa? Outro detalhe: teria então o big bang ocorrido há 6 mil anos?

    ResponderExcluir
  9. Lineu,
    Mats, o papa declarou que deus é o responsável pelo big bang.

    O papa também acredita que Maria ouve as orações de todos os católicos do mundo. E depois? O big bang é tão falso como a teoria da evolução, e as mesmas não se tornam verdade só porque um líder religioso diz que são "factos".

    Como você explica isso, quem está errado: a bíblia ou o papa?

    Todos aqueles (ateus, evangélicos, católicos) que acreditam no big bang estão errados.

    Outro detalhe: teria então o big bang ocorrido há 6 mil anos?

    COmo não houve nenhum big bang, esta questão nem se põe.

    ResponderExcluir
  10. Mats, é aquela velha história: não concordo com uma só palavra do que dizes... mas sempre defenderei teu direito de dize-las.
    Agora, esclareça uma coisa a este ateu ignorante em criacionismo: se tudo foi criado há 6 mil anos estamos falando de uma criação ocorrida 4 mil anos AC, é isso?

    ResponderExcluir
  11. Lineu,
    se tudo foi criado há 6 mil anos estamos falando de uma criação ocorrida 4 mil anos AC, é isso?


    É. O universo tem cerca de 6000/7000 anos, e portanto, a História começa cerca de 4000/5000 antes de Cristo.

    ResponderExcluir
  12. Bem, sabe-se que a civilização egípcia iniciou-se em 3.500 AC e isso quem diz não são as datações de carbono 14 que voces tanto contestam mas sim a genealogia das dinastias (mesmo critério aceito por vocês na biblia). Sobram, portanto, de 500 a 1000 anos para que todos os répteis gigantes (os populares dinossauros) tenham surgido e desaparecido do planeta. Como nunca se soube que os egipcios tenham domesticado tiranossauros rex e os usado para arrastar pedras na construção das pirâmides... só nos resta aceitar que eles vivido no máximo esses 1000 anos. E como será que eles foram extintos, terá sido no dilúvio de Noé? Aliás, porque Noé não salvou um casal de dinossauros também? Olha, Mats, como diz o cartoon que eu postei, é preciso forçar muito a barra para fazer a lógica se adaptar à uma teoria ao invés do contrário, como seria natural.

    ResponderExcluir
  13. Lineu,
    Bem, sabe-se que a civilização egípcia iniciou-se em 3.500 AC e isso quem diz não são as datações de carbono 14 que voces tanto contestam mas sim a genealogia das dinastias (mesmo critério aceito por vocês na biblia).

    O teu erro foi não saberes que as cronologias egípcias estão cheias de problemas e inconsistências entre si.

    Por exemplo, a vossa Wikipedia diz:
    "The creation of a reliable chronology of Ancient Egypt is a task fraught with problems. While the overwhelming majority of Egyptologists agree on the outline and many of the details of a common chronology, disagreements either individually or in groups have resulted in a variety of dates offered for rulers and events."

    Portanto o facto da cronologia egípcia contradizer a Bíblia é mais uma evidência em suporte da Bíblia.

    Sobram, portanto, de 500 a 1000 anos para que todos os répteis gigantes (os populares dinossauros) tenham surgido e desaparecido do planeta.

    És tu que acreditas que eles "apareceram" e despareceram. Existem registos históricos de interacção com animais que nós hoje identificamos como "dinossauros" um pouco por todo o mundo, e mesmo dentro do nosso milénio.

    E como será que eles foram extintos, terá sido no dilúvio de Noé? Aliás, porque Noé não salvou um casal de dinossauros também?

    Ele levou dinossauros para a arca. É por isso que há registos históricos da tal interacção humana com dinossauros. Vai ao meu blog e procura por dinossauros e vais ver.
    O teu erro - e o erro clássico dos evolucionistas - é assumirem a teoria de evolução como evidência para a teoria da evolução. Os milhões de anos imaginados pelos evolucionistas nunca aconteceram, portanto se vais avaliar o Criacionismo Bíblico, tens que o avaliar segundo o seu mérito, dentro do seu contexto.

    ResponderExcluir
  14. Mas Mats, mesmo que haja erros na genealogia egípcia, de quantos anos podemos falar, 500, 1000, 2000 a mais ou a menos? Mesmo assim seria um tempo insuficiente para que os dinos tenham tido sua passagem pela Terra. Sobre o desaparecimento deles, bem, eles existiram um dia e há milhares de anos não existem mais, se isso não é desaparecer é o que? E se foram salvos por Noé onde foram parar depois? Acho divertido voce argumentar que "o facto da cronologia egípcia contradizer a Bíblia é mais uma evidência em suporte da Bíblia"... afinal, não poderia ser o contrário?

    ResponderExcluir
  15. Lineu,
    Mas Mats, mesmo que haja erros na genealogia egípcia, de quantos anos podemos falar, 500, 1000, 2000 a mais ou a menos?

    Leste o artigo cujo link deixei?

    Sobre o desaparecimento deles, bem, eles existiram um dia e há milhares de anos não existem mais, se isso não é desaparecer é o que?

    O que tu queres dizer é: "eles existiram e segundo a teoria da evolução, deixaram de existir".

    Já disse que há registos históricos de animais que nós hoje chamamos de dinossauros. O ex-ateu Carl Sagan ficou perplexo com o facto de históricas sobre "dragões" existirem em todo o mundo. "Dragões" era o nome que os antigos davam ao que nós hoje chamamos de dinossauro.

    Na china há um medicamento que é feito a partir de ossos de "dragão". Quando os cientistas analisaram o tal medicamento, descobriram que era baseado em ossos de.............dinossauro.
    Coincidência?

    São Jorge de Inglaterra é tido como alguém que matou um...."dragão". Vê a descrição do tal "dragão" e vais ver um dinossauro.
    Mas como já disse, procura no meu blogue a temática "dinossauro" vais ver que há um universo de informação que nos foi negada devido ao preconceito pró-evolutivo.

    Acho divertido voce argumentar que "o facto da cronologia egípcia contradizer a Bíblia é mais uma evidência em suporte da Bíblia"... afinal, não poderia ser o contrário?

    Não, uma vez que se sabe que a egípcia não é de confiança.

    ResponderExcluir
  16. Mats, não sei se rio ou se choro.... a imagem do dinossauro subindo a rampa da arca do Sr. Noé, desculpe-me, é hilária. E a quantidade enorme de pseudo ciência contida nos links que você me passa dá vontade de chorar por ver tanto obscurantismo circulando ainda nos dias de hoje. Quer dizer que os dinos então viraram dragões... isso daria um interessante roteiro para um desenho animado infantil, mas como tese séria é bizarra. Você citar São Jorge e seu dragão, Mats, francamente...só falta me dizer que acredita que ele está mesmo na lua em seu cavalo branco. Também não sei de onde voce tira que a "egípcia não é de confiança" como se a bíblia o fosse. Como eu já disse vocês precisam fazer um esforço enorme para que as evidencias cientificas caibam nas primitivas lendas cristãs, o resultado é uma discussão sem fim e sem sentido. Mats, arca de Noé???? Dragões??? Dinos que nunca desapareceram??? Olha, vou comprar um filhotinho de tiranossauro rex para criar aqui no jardim e já volto. Um abraço.

    ResponderExcluir
  17. Lineu,
    Eu sei que depois de décadas a receber indoutrinação pró-darwin é difícil pensar fora dessa caixa, mas se queres ter uma mente científica, tens que analisar os dados segundo as várias hipóteses.

    Os dinossauros existiram, mas a maioria foi extinta. Isso não há dúvidas. A questão é se a sua existência coincidiu com a existência do ser humano. Segundo a História, sim. Segundo a mitologia da teoria da evolução, não.

    Em quem é que devemos acreditar? Na História ou na teoria da evolução?

    Dá-me uma explicação para o facto dos ossos de "dragão" serem ossos de dinossauro. Dá-me uma explicação para os relatos sobre os antigos "dragões" assemelham-se a dinossauros.

    Eu fico-me com os dados da ciência, com a História e, acima de tudo, com a Palavra do Criador. No Dia do Juízo Final depois vêmos quem tinha razão. Pode é ser tarde demais.
    Para ti.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  18. O problema, Mats, é que história para você é a bíblia e nada mais. Ciência é algo muito diferente, quem não consegue tirar a cabeça para fora da caixa bíblica são voces criacionistas...onde na "historia" se diz que humanos conviveram com dinossauros? Porque não há evidencia arqueológica alguma disso? Porque não há pinturas rupestres mostrando dinos? Quanto aos dragõees, Mats, tenha a "santa" paciência... os seus soltam foguinho pelas ventas também? Para voces a geologia, paleontologia, arqueologia e todas as ciências correlatas estão todas fundamentalmente erradas, apesar de provarem por a+b tudo que pregam, ao contrário das lendas bíblicas que não passam disso: lendas. Mats, com todo respeito, voce prega idéias primitivas e obscuras.

    ResponderExcluir
  19. Palavra do criador? Mas quando foi que ele falou alguma coisa, eu nunca ouvi nada. E dia do juizo final, Mats, pelo amor do seu deus... parece essa conversa mole sobre calendário maia e nostradamus, voce também crê nessas bobagens ou só nas da bíblia?

    ResponderExcluir
  20. Para corrigir o Mats:

    Carl Sagan era agnostico. Nunca foi um ex-ateu.

    Favor ser HONESTO em suas alegacoes a respeito de outras pessoas, sob grave risco de perda de credibilidade.

    ResponderExcluir
  21. Lineu,
    Apagaste as perguntas que eu te fiz em relação aos dinossauros?

    diz-me lá porquê é que o "ossos de dragão" são ossos de dinossauro.

    Vê lá se o meu post não foi para o spam.

    ResponderExcluir
  22. Sr Anónimo,
    O Sagan era um ateu ou não? S não era ateu, porque é que há imagens feitas por ateus a dizer que ele era?

    Procura ela imagem que diz "Atheism: good enough for these idiots".

    Mas o meu ponto é que depois de mortos, todos os ateus passam a acreditar em Deus. Só que é tarde demais para eles.

    ResponderExcluir
  23. Mats, Carl Sagan era mais ateu que eu e Richard Dawkins juntos... não sei de onde o anônimo aí acima tirou que ele era agnóstico. Sobre sua pergunta sobre ossos de dinosauro, não tenho aqui nenhum comentário não publicado... vai ver foi a lógica que matou sua pergunta, afinal, ossos de dragão...?? fala sério, hein Mats...

    ResponderExcluir
  24. Lineu,
    Desculpa lá, então. Pensei que tivesses apagado o comentário ou que tivesse ido à caixa de spam.

    Essencialmente, as perguntas são:

    1. "Durante milhares de anos, culturas espalhadas um pouco por todo o mundo reportaram terem visto e interagido com enormes criaturas reptilinias, possuindo corpos alongados, pescoços serpentinos, cabeças contendo chifres, dentes aguçados, caudas longas, com ou sem asas membranosas. Estas histórias, chamadas de lendas de dragões, “tem estado com a humanidade desde o princípio da História“, e são, segundo o famoso evolucionista Carl Sagan, “um fenómeno global“."

    Ref: A ligação entre “dragões” e dinossauros

    Porque é que ainda duvidas que o que nós hoje chamamos de dinossauro os antigos chamavam de dragões, quando a História confirma esta posição?

    O que é mais importante para ti: o teu ateísmo ou as evidências históricas?

    Os chineses usam aquilo que eles chamam de "ossos de dragão". Quando os cientistas foram analisar os ditos ossos, verificaram que são ossos de............. dinossauro. Coincidência?

    Lineu, deixa-me dizer-te isto de forma clara. foste enganado. O ateísmo é falso. A teoria da evolução é falsa. Estás a ser levado para a separação eterna por causa de uma teoria tão ridícula como a teoria da evolução.
    Cuidado, amigo. Como dizia Vinicius, a vida é só uma.

    ResponderExcluir
  25. O que é mais importante para ti: tuas crenças ou as evidências científicas?
    Mats, deixa-me dizer-te isto de forma clara: fostes enganado. A religião é falsa. A bíblia é falsa.Estas a ser levado para a ignorância eterna por causa de uma teoria tão ridícula como a da criação divina. Cuidado, amigo. Como dizia Vinicius, a vida é só uma.

    ResponderExcluir
  26. Fatos são fatos, podemos ver e provar que eles estão aqui. Quando vocês, religiosos provarem a existência de "Deus" ( por favor, evitem respostas como " ele está dentro do meu coração porque no meu coração só tem músculos e válvulas sanguíneas) então eu retiro tudo que penso e falo à respeito.


    " Podemos ser escravos do céu ou astros do inferno. Lá embaixo tem sua vantagem. Em um dia bonito parece com Los Angeles"

    ResponderExcluir
  27. Mats, para você então os antigos acreditarem em dragões é uma "evidência científica"?? É impressionante como vocês aceitam qualquer bobagem que ande na direção do que diz a bíblia mas renegam as mais óbvias comprovações realmente cientificas caso comprove algo que contradiga a bíblia. Dragões são seres mitológicos assim como o unicórnio, a mula sem cabeça, o chupa cabras e o saci. Dependendo da época e da cultura esse seres mudam de nome, tamanho, cor e caracteristicas. Mas não estou falando de lendas, Mats, e sim de geologia, paleontologia, ossos e mais ossos desenterrados e datados, montados e estudados, cada um em sua era geológica, tudo coerentemente estudado e explicado pelos mesmos cientistas que criaram a tomografia computadorizada, quando voce for fazer uma lembre-se disso.

    ResponderExcluir
  28. mats! se os dinossauros entraram na arca de noé,1-como noé os alimentou,2- eles eram carníveros, então noé teve que sacrificar algumas espécies,já que só tinha um casal de cada espécie,3-porque os elefantes que estavam na mesma arca estão aí até hoje? e os dinossauros não?4-depois que o dilúvio cessou,noé abriu as portas para que os animais saissem,certo? o tiranossauro-rex com certeza sairia com muita fome certo? então com certeza muitas espécies de animais não existiriam mais,pois o tiranossauro-rex os teria devorado?certo? pela lógica os mais fortes é que sobrevivem, hoje devería-mos ter no reino animal tiranossauros-rex por aí! cadê eles mats?

    ResponderExcluir
  29. mats! esqueça os dinossauros! me responda,como o urso polar chegou andando até a arca,sem morrer de calor no caminho? como noé alimentou o urso polar se ele só come peixes? o urso polar com certeza morreria a altas temperaturas,noé sabia fazer um freezer mesmo que rudimentar?.para manter o urso polar numa temperatura a baixo de zero?se depois de tudo isso,como o urso polar suportou as altas temperaturas da turquia onde a arca atracou?e foi andando de volta para o polo norte.mats!esqueça os dinossauros!me responda depois do dilúvio só sobrou a família de noé,que eram de pele clara e nariz afinado?certo?então como surgiu os arborígenes de pele escura e nariz achatado na austrália,que é separada pelos oceano índico e pacífico de todos os outros continentes, milhões de kilômetros da turquia onde a arca atracou?

    ResponderExcluir
  30. Robson, nem perca seu tempo, a lenda de Noé não faz o menor sentido mesmo...além dos pontos que você levanta há muitos outros, um deles interessante a meu ver: com quem se casaram os netos e netas de Noé? Suponho que se casaram entre si e primos irmãos que eram... me parece um espanto que toda a humanidade hoje descenda deles. Mas, de qualquer maneira, para pessoas como o Mats a lógica, o bom senso e as comprovações cientificas nada valem, só o que vale são as lendas bíblicas.

    ResponderExcluir
  31. lineu! que heresia!!!voce disse!rsrsrsrsrsrs será que o bondoso deus,deixaria seus filhos praticarem incesto?,logo após ele ter destruido o planeta terra,justamente, por entre outros pecados, o incesto? lineu,na bíblia esta escrito que no céu,os salvos vão ter uma coroa de diamantes,ouro,pedras preciosas,etc.talvez por isso, os cristãos (que são todos humildes,livres da ganancia) não ousem questionar as lendas bíblicas, ja pensou nadar,nadar,nadar e depois morrer na praia! e perder essa humilde e singela promessa, UMA COROA CRAVEJADA DE DIAMANTES; talvez seja por isso tambem,que eles não ousam perguntar para o bento XVI ou o bispo edir macedo,e outros líderes religiosos,pra que tanta ostentação????? aqui na terra???? eles(cristãos)também irão ostentar no céu.

    ResponderExcluir
  32. Droga, queria o Sergio Mats tivesse respondido as perguntas do Robson. Seria no mínimo hilário ver o rodeio infindável - e nada esclarecedor - que ele faria, sem se dar conta de que é uma piada ambulante.

    ResponderExcluir
  33. Droga, queria que o Sergio Mats tivesse respondido as perguntas do Robson. Seria no mínimo hilário ver o rodeio infindável - e nada esclarecedor - que ele faria, sem se dar conta de que é uma piada ambulante.

    ResponderExcluir
  34. mats! esqueça os dinossauros! me responda,como o urso polar chegou andando até a arca,sem morrer de calor no caminho?

    Porque é que o urso polar deveria morrer "pelo caminho"? De onde partiu o urso? Qual foi a distância?

    como noé alimentou o urso polar se ele só come peixes?

    hahaha Que ignorante. O urso polar só come peixes? lolll

    o urso polar com certeza morreria a altas temperaturas,noé sabia fazer um freezer mesmo que rudimentar?

    Qual era a temperatura dentro da arca? Já existiam ursos polares? Se existiam, eram eles. carnívoros?

    para manter o urso polar numa temperatura a baixo de zero?se depois de tudo isso,como o urso polar suportou as altas temperaturas da turquia onde a arca atracou?

    Qual era a "alta temperatura" da Turquia da altura? Dá algum dado.

    e foi andando de volta para o polo norte.mats!

    O urso polar já existia na forma actual por essa altura? Talvez seria melhor tu começares por aí.

    esqueça os dinossauros!me responda depois do dilúvio só sobrou a família de noé,que eram de pele clara e nariz afinado?certo?^

    Eram? Eu não sei qual era a sua aparência. Tu sabes?

    então como surgiu os arborígenes de pele escura e nariz achatado na austrália,que é separada pelos oceano índico e pacífico de todos os outros continentes, milhões de kilômetros da turquia onde a arca atracou?

    Eu não sei qual era a estrutura étnica de Noé e da família. Tu sabes? Tens alguma evidência? Mostra aí.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucas, certo está Dawkins que se recusa a debater com criacionistas. Como podemos notar pelo meu debate acima com o Matts, Dawkins tem razão, é inútil.

      Excluir
  35. Gostaria que algum crente evolucionista explicasse isto:

    Semelhanças entre os relatos do Dilúvio

    1. http://bit.ly/Jw9Buv

    2. http://bit.ly/1lCgtCD

    ResponderExcluir
  36. Lineu,

    Lucas, certo está Dawkins que se recusa a debater com criacionistas. Como podemos notar pelo meu debate acima com o Matts, Dawkins tem razão, é inútil.

    E é também mais seguro, para evitar que os evolucionistas passem vergonha.

    ResponderExcluir